Você está lendo:
A Dilma, Assumpção cogita deixar o Brasileiro por verbas bloqueadas
0

A Dilma, Assumpção cogita deixar o Brasileiro por verbas bloqueadas

by newsmtjulho 26, 2014

Mandatário alvinegro fala que clube não tem como seguir sem receber dinheiro dos direitos de transmissão penhorados pela Justiça. Mas ameaça não deve ir à frente

 O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, deixou claro para a presidente Dilma Roussef, nesta sexta-feira, o quanto o bloqueio da verba de direitos de transmissão prejudica a saúde financeira do clube. Para dar um dimensão do problema, o mandatário alvinegro chegou a falar em abandonar o Campeonato Brasileiro por falta de condições de honrar seus compromissos, caso as cotas não sejam liberadas em breve. 

A mensagem foi passada no encontro de 12 presidentes de clubes com Dilma, em Brasília, para debater sobre o projeto de renegociação de dívidas das instituições com o Governo. Uma decisão da Justiça determinou o bloqueio do repasse de 100% das receitas do Alvinegro provenientes de direitos de transmissão pela TV. Além disso, o clube também sofre com penhoras de rendas de jogos em razão de outras dívidas. O Botafogo ficou sujeito a essas decisões por ter sido excluído do Ato Trabalhista para parcelamento de dívidas.

dilma com dirigentes dos clubes (Foto: Roberto Stuckert Filho / PR)Representantes de 12 clubes estiveram reunidos com Dilma em Brasília (Foto: Roberto Stuckert Filho / PR)

No encontro, Dilma, ao saber do bloqueio ao Alvinegro, perguntou quanto da verba estava penhorada. Maurício respondeu prontamente: “100%, presidente”. Para em seguida falar que a situação levava até a pensar no abandono do Brasileiro. Fontes próximas ao presidente, no entanto, caracterizaram a frase como instrumento de pressão, desconsiderando qualquer possibilidade de a medida ser levada adiante.

Maurício Assumpção já falou algumas vezes sobre o engessamento financeiro do Botafogo em razão do bloqueio das receitas, que resulta, entre outros problemas, no atraso do salário dos jogadores do time profissional.

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?