Você está lendo:
Acordo põe fim na greve dos enfermeiros; aumento será de 70% em 5 anos
0

Acordo põe fim na greve dos enfermeiros; aumento será de 70% em 5 anos

by newsmtjulho 10, 2014

Fernanda Escouto, repórter do GD

 

Após três dias de greve, a categoria dos profissionais da enfermagem da rede municipal de Cuiabá, deliberou pelo o fim do movimento deflagrado na segunda-feira (7). A paralisação chegou a ser declarada ilegal pela Justiça, que concedeu liminar à Prefeitura de Cuiabá, mas os profissionais não recuaram.

Dessa forma, uma reunião foi marcada pela Comissão de Conciliação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso nesta quarta-feira (10) com a presença de representantes da Prefeitura de Cuiabá e o sindicato da categoria e resultou em acordo. Os profissionais concursados conseguiram um aumento de 70% escalonado em 5 anos.

Segundo o presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso (Sinpen), Dejamir Soares, não houve uma garantia jurídica por parte do Ministério Público (MP) sobre a lei 094/2003.

“Não nos deram garantia jurídica na equiparação do contratado com os estatutários, mas o que ficou definido foi o seguinte, o reajuste vai ser de 70% escalonado, igual dos médicos”, declarou o presidente.

Em relação aos contratados, que representam 60% do quadro, vão receber um aumento de 36% para os enfermeiros e 22% para o técnico até agosto de 2015.

“Vamos sair dessa inércia que nós estamos para um avanço significativo pontual. O nosso acordo encerra em 2019 com o município de Cuiabá, mas ao longo disso, temos duas leis , da insalubridade que está aí para ser julgada e a outra lei que está tramitando, onde se paga o adicional o noturno errado para a categoria”, ressaltou.

Sobre possíveis cortes nos pontos dos funcionários, o presidente afirmou que isso não acontecerá e as multas que o sindicato levou no valor de R$ 30mil, serão retiradas.

Ainda conforme Dejamir, essa negociação com o Município vem se arrastando desde o ano passado, e agora com três dias de greve, o sindicato conseguiu o que não conseguia há 20 anos.

Atualmente, os enfermeiros concursados da rede municipal recebem salários de R$ 1760 por 40 horas semanais trabalhadas e querem equipação aos odontólogos que ganham, no início da carreira, R$ 3 mil para trabalharem durante 20 horas por semana. Já os enfermeiros que trabalham 30 horas ganham R$ 1434,94.

Técnicos que trabalham 40 horas recebem hoje um salário de R$ 952,89. Os técnicos que trabalham 30 horas ganham como os auxiliares de enfermagem, R$ 725.

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?