Você está lendo:
Barranco diz que vai processar Taborelli
0

Barranco diz que vai processar Taborelli

by newsmtfevereiro 27, 2015

Taborelli chamou o petista de: quadrilheiro, bandido, ladrão, lobista, criminoso e marginal

Fonte: ALLINE MARQUES
DO DIÁRIO DE CUIABA
A uma semana do processo de Valdir Barranco (PT) voltar à pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o clima esquentou ainda mais pela disputa da vaga na Assembleia Legislativa entre o petista e o deputado Pery Taborelli (PV). A assessoria jurídica de Barranco irá ingressar com ação para reparação de danos morais contra o parlamentar, que fez diversas acusações contra o petista.Na sessão da manhã de ontem (26) na Assembleia, dentre as inúmeras acusações, Taborelli chamou o petista de: quadrilheiro, bandido, ladrão, lobista, criminoso e marginal. O acusou ainda de ter direcionado a investigação da Operação Terra Prometida, deflagrada ano passado pela Polícia Federal, na época em que comandou o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. De acordo com o coronel, ele irá apresentar provas das acusações na próxima semana.

No entanto, a defesa de Barranco irá processar o verde na esfera civil para reparar os danos morais e criminais por calúnia e difamação. Será requerido junto à TV Assembleia a gravação das declarações e outras matérias veiculadas em sites em que Taborelli faz acusações sem provas.

A briga entre ambos é porque Taborelli corre o risco de perder o mandato caso Barranco garanta seu registro de candidatura junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O julgamento deve ocorre na próxima semana. O ministro Gilmar Mendes solicitou vista do processo. O relator, ministro Dias Toffoli, havia votado favorável pelo registro, e outros dois acompanharam o voto dele.

Porém, Toffoli recomendou que o processo retornasse ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para confirmação da decisão do Tribunal de Contas Do Estado (TCE) referente aos balancetes da Prefeitura de Nova Bandeirantes, no período em que Barranco era prefeito. As contas dele haviam sido aprovadas pelo TCE, mas reprovadas pela Câmara Municipal. A defesa do petista alega que os vereadores, na época, agiram por vingança, já que Barranco os denunciou por cobrarem propina para aprovar os balancetes da administração municipal. O grupo de parlamentares foi preso e o assunto ganhou destaque na mídia nacional.

O fato é que para assumir o cargo de deputado, Taborelli teve de renunciar ao de vereador em Várzea Grande. Caso a decisão seja favorável a Barranco, o verde fica sem nenhum mandato. Sendo assim, Barranco entende que tudo isso seja desespero por saber que vais perder os dois mandatos, porém, as declarações serão reparadas na justiça por tratar-se de acusação sem prova e com único objetivo de difamar Barranco perante a opinião pública.

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?