Você está lendo:
Câmara: Procurador Mauro é o 7º mais votado, mas não se elege
0

Câmara: Procurador Mauro é o 7º mais votado, mas não se elege

by newsmtoutubro 7, 2014

Por seu partido não ter atingido o quociente eleitoral, ele ficou de fora da Câmara

Candidato a deputado federal, o Procurador Mauro (PSOL) ganhou, mas não levou.

Ele obteve um total de 84.208 votos – ficando como o 7º mais votado em Mato Grosso.

Apesar disso, por conta das distorções do sistema eleitoral brasileiro, ele não se elegeu.

Sua sigla não atingiu o quociente eleitoral – número de votos necessários para eleger um candidato na disputa proporcional (deputado estadual e federal).

Já outros dois candidatos, Vitório Galli (PSC), que teve 64.691; e Valtenir Pereira (PROS), com 62.923 votos, foram beneficiados pelo quociente eleitoral de suas coligações, e foram “puxados” para a eleição.

Confira relação dos eleitos:

Nilson Leitão – 127.749
Adilton Sachetti – 112.722
Fábio Garcia – 104.976
Ságuas Moraes – 97.858
Carlos Bezerra – 95.739
Ezequiel Fonseca – 90.888
Victório Galli – 64.691
Valtenir Pereira – 62.923

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?