Você está lendo:
Capital do Agronegócio, Sorriso será tema de enredo no Rio
0

Capital do Agronegócio, Sorriso será tema de enredo no Rio

by newsmtoutubro 26, 2015

O desfile da Unidos da Tijuca em 2016 abordará a agricultura; Prefeitura nega patrocínio para evento

A escola de Samba Unidos da Tijuca atravessará o Sambódromo do Rio de Janeiro, no dia 7 de fevereiro de 2016, mostrando características da produção econômica de Mato Grosso.

O desfile da escola será inspirado no município de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá) e abordará a agricultura.

O samba-enredo “Semeando Sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado” é uma homenagem à agricultura do País, tendo como base a cidade mato-grossense, considerada “capital nacional do agronegócio”.

Para a inspiração do desfile, uma equipe da Unidos da Tijuca visitou a cidade para conhecer melhor a região.

Apesar de ter grande relevância na construção do tema da escola de samba carioca, a Prefeitura de Sorriso nega que tenha prestado algum tipo de auxílio financeiro para o desfile.

Representantes da Unidos da Tijuca teriam tentado um acordo de patrocínio com o município, porém, dificuldades financeiras teriam impedido que a conversa seguisse adiante.

Esta não é a primeira vez que uma cidade mato-grossense serve de inspiração para um desfile na Marquês de Sapucaí.

Prefeitura de Sorriso

Rafael Reis

Rafael Reis: por contenção de despesa, a Prefeitura de Sorriso não patrocina o samba enredo

Em 2013, Cuiabá foi homenageada pela escola de samba Estação Primeira de Mangueira. O desfile controverso acabou gerando investigações sobre o dinheiro público investido pela Capital mato-grossense.

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Sorriso, Rafael Reis, negou que haja qualquer tipo de patrocínio do município.

Ele declarou que a escolha do tema foi feita por livre escolha da Unidos da Tijuca.

“Não estamos patrocinando o desfile, nem temos nenhum acordo para que Sorriso seja tema. Os integrantes da escola estão organizando o desfile por autoria deles mesmos. Somente apoiamos durante o momento em que artistas vieram conhecer a região para se inspirar”, disse.

Reis observou que o tema do desfile da escola de samba será a agricultura e o agronegócio.

Apesar de não saber como funcionará o tributo que a escola poderá prestar ao município, no desfile, ele acredita que deverá haver menção à cidade durante a apresentação.

“Eles citam Sorriso no samba porque aqui foi a inspiração deles. O tema é a agricultura, mas a inspiração é o município”, afirmou.

Representantes da Unidos da Tijuca teriam feito uma proposta ao prefeito de Sorriso, para que patrocinasse o evento. Porém, a região teria outras prioridades e não aceitou auxiliar financeiramente o evento.

A escola de samba carioca teria solicitado o valor de, aproximadamente, R$ 5 milhões como forma de patrocínio, para que o município mato-grossense ganhasse destaque na avenida da passarela do samba.

“O presidente da Unidos da Tijuca fez uma oferta para que Sorriso fosse tema principal, se a gente bancasse o samba-enredo. Mas não temos capacidade pra isso, porque estamos investindo em outras prioridades”, disse Rafael Reis.

Conforme o secretário, o próprio carnaval de Sorriso foi cancelado neste ano, para que o dinheiro fosse destinado a outras necessidades do município.

“A gente não tinha nem como bancar uma coisa dessas agora. Então, eles resolveram mudar o tema, que seria ‘Sorriso’ para o agronegócio, tomando o município como inspiração”, justificou.

Conforme Reis, a escola de samba ainda tentou conseguir patrocínio com empresários do município. As tentativas, porém, foram frustradas.

“Até tentaram conversar com alguns empresários da cidade, para conseguir um patrocínio através da Lei Rouanet, mas também não conseguiram”, disse.

Marcos Bergamasco

Colheita de soja

O Município de Sorriso, um dos maiores produtores de soja do Brasil, é a “Capital do Agronegócio”

Capital do Agronegócio

Em 2012, em publicação do Diário Oficial da União, Sorriso foi reconhecida como a Capital Nacional do Agronegócio. Este fato teria sido o principal para que a escola de samba carioca escolhesse o município como referência para construir o desfile.

“Eles vieram pra cá para ter inspiração, para que os artistas conhecessem a região. Queriam saber como funciona o agronegócio, tomaram aqui como exemplo por causa do título de Capital nacional do agronegócio”, afirmou o secretário de Indústria, Comércio e Turismo do município.

A expectativa do município é de que o desfile da Unidos da Tijuca traga mais visibilidade para a região e investidores que possam beneficiar a cidade. O secretário acredita que o carnaval de 2016 trará grandes benefícios para os moradores.

“Isso vai trazer conhecimento nacional para o município e despertar a curiosidade dos investidores. Também vai tornar a cidade conhecida, pois o carnaval é um evento de nível mundial. Vai incentivar pessoas a pesquisarem sorriso no agronegócio”, completou.

A reportagem tentou entrar em contato com o prefeito de Sorriso, Dilceu Rossato (PR), porém, ele não atendeu as ligações.

De acordo com a assessoria de Rossato, ele está viajando.

Inspiração

Ao MidiaNews, o setor de marketing da Unidos da Tijuca confirmou que Sorriso serviu como inspiração para o desfile, pelo sucesso do município no setor da agricultura.

A escola de samba também informou que haverá menção à cidade mato-grossense, durante o desfile na Marquês de Sapucaí.

Homenagem a Cuiabá

Outro município de Mato Grosso que serviu de inspiração para escola de samba, Cuiabá tornou-se enredo da Estação Primeira de Mangueira em 2013. O samba “Cuiabá: um paraíso no Centro da América” ficou em oitavo lugar, entre as 12 escolas.

Divulgação

Galindo samba

Em 2013, o então prefeito Chico Galindo decidiu patrocinar samba enredo da Mangueira: medida virou uma polêmica

O desfile da Mangueira, em homenagem à Capital mato-grossense, foi realizado em fevereiro de 2013. A escola foi patrocinada por decisão do então prefeito, Chico Galindo (PTB), com R$ 3,6 milhões.

Em junho deste ano, a Prefeitura de Cuiabá instituiu uma comissão para analisar a prestação de contas apresentada pela Estação Primeira de Mangueira, referente à implementação do projeto de produção e execução do enredo.

O contrato firmado entre a Prefeitura de Cuiabá e a Estação Primeira de Mangueira foi assinado em 4 de maio de 2012, por Chico Galindo, pela Companhia Multiplicar Produções Ltda. e pela escola de samba do Rio de Janeio.

Conforme o documento, o Município seria responsável pelo suporte financeiro para a realização do desfile, a um custo de R$ 3,6 milhões, dos quais R$ 1,6 milhão foram quitados no ato da assinatura do contrato.

A Unidos da Tijuca

Conforme informações que constam no site da Unidos da Tijuca, a escola de samba carioca é a terceira mais antiga do Brasil, fundada há 80 anos.

A escola tem sete títulos em sua história, conquistados nos anos de 1936, 1980, 1987, 1999, 2010, 2012 e 2014.

Em 2010, o então carnavalesco Paulo Barros passou a se destacar no cenário do samba e a escola conquistou o prêmio pelo enredo “É segredo!”.

Barros ainda colaborou para a vitória em 2012, com o samba “O dia em que toda a realeza desembarcou na Avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão”, e, em 2014, com o enredo “Acelera Tijuca”.

Divulgação

Unidos da Tijuca

A letra da Unidos da Tijuca aborda o modo como são feitas a plantação e a colheita na agricultura, citando características da produção

Samba enredo

O samba enredo da escola com o tema Sorriso foi definido em 17 de outubro, após competição entre diversas letras que abordavam a agricultura.

A obra escolhida é parceria dos compositores Cláudio Mattos, Dudu Nobre, Gustavo Clarão e Zé Paulo Sierra.

A letra aborda o modo como são realizadas a plantação e a colheita na agricultura, citando características da produção.

Abaixo, confira o samba-enredo da Unidos da Tijuca para o desfile de 2016:

 “Semeando Sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado”

Sou eu… do barro esculpido pelas mãos do Criador

Sou eu… filho dessa terra germinando amor

São lágrimas que caem lá do céu

São raios desse sol em meu olhar

Ao ver a agricultura do Brasil em meu borel

Sagrada natureza a nos abençoar

Brota o suor que escorre na enxada

Ara, planta, colhe em devoção

E ver de perto a cria alimentada

Flores que aquarelam a região

Sou matuto sonhador em louvação

Lá no meu interior a viola dá o tom

Vendo o campo colorido

Cai a noite a me envolver

Vou rogando ao pai querido

Pra colheita florescer

Vou levantando a poeira da terra

Que aterra a magia do grão

Fertilidade é a arte do homem que cuida

Protege seu chão

Um oásis de conhecimento

Pro País é um exemplo, a tal “Capital”

O meu negócio é isso, seu moço

“Sorriso” no rosto

Por esse mundão rural

Semeia… a minha raiz

Clareia… um belo matiz

O dia vai raiar e o povo há de cantar feliz

Salve! A mãe natureza, a luz da riqueza

O dono da terra… a inspiração

A Tijuca festeja, o solo sagrado em oração!

 

Fonte: Do Midia News

About The Author
newsmt