Você está lendo:
Capitão da PM é indiciado por crimes de estupro de vulnerável e sequestro em Barra do Bugres
0

Capitão da PM é indiciado por crimes de estupro de vulnerável e sequestro em Barra do Bugres

by newsmtsetembro 3, 2014

Os crimes aconteceram por volta da meia noite deste sábado (31) no Distrito de Currupira, próximo ao município de Barra do Bugres. O acusado é o Capitão Maicon Moraes de Aguiar, 31 anos, que até recentemente comandava a Polícia Militar na cidade de Nova Olímpia.

Segundo o Delegado de Polícia de Barra do Bugres, Dr. João Paulo, o caso foi registrado em sua delegacia na manhã desta segunda-feira (01). Em entrevista à Rádio Pioneira ele relatou que após o registro de Boletim de Ocorrência de que uma jovem de 13 anos foi vítima de abuso sexual, ele intimou a adolescente, através de sua representante legal, para que fosse ouvida. A vítima compareceu junto com o namorado de 17 anos e ambos disseram à Polícia que estavam em frente à própria residência no dia 31 de agosto, por volta da meia noite no distrito de Currupira, quando um indivíduo chegou portando arma de fogo e os obrigou a entrar no carro.

Eles foram levados até uma propriedade rural, onde o jovem de 17anos foi mantido no porta-malas do carro enquanto a adolescente de 13 anos de idade foi abusada sexualmente. Segundo o delegado as investigações que se seguiram contaram com apoio e colaboração do Comandante da Polícia Militar local, tenente Coronel Sodré e acabaram levando ao policial militar. “A partir de então foi feito reconhecimento fotográfico. Ambas as vítimas apontaram como sendo o autor do crime o Capitão da Polícia Militar Maicon Moraes de Aguiar”, disse o Delegado.

Feito o reconhecimento fotográfico, o delegado solicitou que ele fosse apresentado à delegacia, o que foi feito no final da tarde desta 2ª-feira. A partir daí foi feito o reconhecimento pessoal. “A partir das declarações das vítimas, do reconhecimento fotográfico e também do reconhecimento pessoal, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do Sr. Maicon Moraes de Aguiar. A prisão foi decretada ainda na data de ontem, após a expedição do mandado demos cumprimento a esta ordem judicial e o Capitão ficou sob a responsabilidade do comandante da Polícia Militar de Barra do Bugres, haja vista que os PMs devem ficar sob custódia da Polícia Militar”, explica o delegado.

O acusado se encontra preso e foi indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável em relação à adolescente de 13 anos do sexo feminino e sequestro em relação ao crime praticado contra o adolescente do sexo masculino, de 17 anos de idade.

Em relação ao esclarecimento do crime, o Delegado destacou: “Foi feito um amplo trabalho de investigação, que contou com colaboração efetiva da Polícia Militar de Barra do Bugres, então conseguimos com agilidade descobrir que ele teve envolvimento neste crime. Destaco que houve colaboração efetiva do comando da PM para que conseguíssemos esclarecer este crime e também prendê-lo”, afirmou.

Ainda segundo o delegado, os crimes de sequestro e estupro foram cometidos mediante grave ameaça, com uso de arma de fogo.

O Capitão Maicon Aguiar havia assumido o comando da Polícia Militar na cidade de Nova Olímpia no dia 18 de novembro de 2013 e teria deixado o cargo há pouco tempo sendo transferido para Cuiabá. Ele ingressou na Polícia em 2001 e foi promovido a Capitão em 2009. Desde então assumiu cargos de subcomandante da Cia de Campo Novo dos Parecis, subcomandante do comando de área de Juína, comandante do batalhão de Rosário Oeste, comandante da Cia de Poconé e comandante de área em Várzea Grande, chefiou a Divisão de Disciplina, Comunicação Social e Marketing do Comando Regional VII, foi instrutor do POP e de Polícia Comunitária de Tangará e Instrutor do POP de Várzea Grande.

Rádio Pioneira

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?