Você está lendo:
CONDENAÇÃO DE LULA: Senadores elogiam decisão do juiz Sergio Moro

CONDENAÇÃO DE LULA: Senadores elogiam decisão do juiz Sergio Moro

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva repercutiu, de imediato, nos corredores do Congresso Nacional. Oposicionistas históricos aos PT, parlamentares como a senadora Ana Amélia (PP-RS) e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) elogiaram a decisão proferida pelo juiz Sérgio Moro.
Líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado, que foi adversário de Lula nas eleições presidenciais de 1988, diz que a decisão contra o petista mostra ao país, que ninguém está acima da Lei.

Ronaldo Caiado, senador (DEM-GO)

“É um momento em que a sociedade brasileira vê a realização daquilo que sempre foi o sonho de todos. Ou seja, a justiça sendo aplicada também a quem já foi Presidente da República, a mais alta instituição do país.”

A avaliação também é compartilhada por Ana Amélia. Em conversa com jornalistas, a senadora aproveitou ainda para rechaçar qualquer ideia de que a decisão tomada por Moro foi política.

Ana Amélia, senadora (PP-RS)

“Não é só pobre, negro, que vai para a cadeia. Hoje, pessoas muito importantes de nosso país estão presas. Então, não há porque duvidar da capacidade, da seriedade. Não tem nenhuma obrigação, o juiz Sergio Moro, a não ser cumprir o seu dever de passar o Brasil a limpo dessa impunidade que tanto choca os brasileiros. Agora, felizmente, com a Lava Jato, estamos vendo que a Lei é igual para todos.”

O ex-presidente Lula foi condenado no processo que envolve a compra e a reforma de um apartamento triplex na cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo.  De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) o ex-presidente teria recebido R$ 3,7 milhões em propina da OAS por meio do triplex.