Você está lendo:
Conta de luz reduz 2,2% em MT, mas as indústrias vão pagar 3,42% a mais
0

Conta de luz reduz 2,2% em MT, mas as indústrias vão pagar 3,42% a mais

by newsmtabril 9, 2015

As contas de energia elétrica das residências irão reduzir 2,22% para os consumidores de baixa tensão, conforme informação da Energisa. Entretanto, para os consumidores de alta tensão, por exemplo, indústrias, sofrerão um aumento de 3,42%. Os novos valores, que entraram em vigor ontem (8), valem para 1,2 milhão de unidades consumidoras, localizadas nos 141 municípios do Estado. Entre beneficiados com a redução estão consumidores rurais, industriais, comerciais, prestadores de serviços, entre outros.

Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para calcular o reajuste, é considerada a variação de custos que a empresa teve no ano. O cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o IGP-M (índice utilizado como indexador de algumas tarifas como energia elétrica), e outros custos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, como energia comprada, encargos de transmissão e encargos setoriais.

A superintendente do Procon Estadual, Gisela Simona Viana, explica que somente depois da publicação da Resolução e de Nota Técnica pela Aneel será possível conhecer os motivos da redução, e se está correta a análise realizada pelo órgão regulador, iniciando a partir da publicação da Nota Técnica, o prazo regimental para manifestação por qualquer das partes interessadas.

De todo modo, segundo Gisela, o aumento para indústria é preocupante porque de forma indireta acaba sendo repassado ao consumidor. “Por isso, mesmo com essa redução é importante economizar energia elétrica e praticar um consumo cada vez  mais eficiente”, salienta a superintendente.

Procon

Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-MT, de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30.

No Posto do Ganha Tempo, o atendimento ao público é de segunda a sexta, das 7h30 às 18h30, e aos sábados, das 7h30 às 12h. Na Assembleia, o atendimento é de segunda a sexta, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou 3613-8500. (Com assessoria)

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?