Você está lendo:
Corinthians pressiona no primeiro tempo, tem dois expulsos mas acaba eliminado da Libertadores
0

Corinthians pressiona no primeiro tempo, tem dois expulsos mas acaba eliminado da Libertadores

by newsmtmaio 14, 2015

O clima era de festa. Estádio lotado, time com muita confiança contra um adversário de pouca tradição. Nos primeiros 45 minutos, parecia que tudo daria certo. Pressão impressionante no campo do adversário e 14 finalizações. Mas a bola não entrou. E, na segunda etapa, os mais jogadores mais experientes sentiram. Fábio Santos e Jádson foram expulsos. O Guaraní jogou com segurança e, nos acréscimos, Fernández marcou e eliminou o Timão na Libertadores.

A equipe paraguaia pega na próxima quarta-feira (20), o vencedor do duelo entre Racing e Montevideo Wanderers, que se enfrentam amanhã. Para tentar apagar a eliminação e afastar a crise, o Corinthians volta suas atenções para o Brasileirão. No próximo sábado, às 21h, o Timão enfrenta a Chapecoense na Fonte Luminosa, em Araraquara. Já o Guaraní pega o Sol de America pelo Campeonato Paraguaio no domingo.

O jogo

Precisando do resultado e embalado pela torcida que lotou a Arena Corinthians, o Timão partiu para cima do adversário desde o primeiro minuto. Mas, foi apenas aos cinco minutos, que surgiu a primeira chance de gol. Fábio Santos levantou a cabeça e cruzou para Jádson. Dentro da área, meia chutou de primeira, mas Aguilar fez grande defesa.

O Timão pressionava o adversário no campo de defesa e trabalhava a bola com inteligência, sempre buscando as jogadas pelos lados, com as duplas Malcom-Fábio Santos e Fágner-Jádson. Apesar da pressão intensa e de ter a posse da bola, o Corinthians pouco assustou. A chance mais clara de gol foi numa cobrança de escanteio, aos 27 minutos, quando Felipe subiu sozinho e cabeceou para fora.

Intensificando a pressão, os donos da casa buscavam acionar Guerrero e arriscar de fora da área. Aos 35 minutos, Jádson tocou para Guerrero, que chutou forte da entrada da área. A bola explodiu em Aguilar e saiu pela linha de fundo. Após a cobrança do escanteio, a bola sobrou para Malcom, que chutou de bicicleta. A bola explodiu na zaga e foi para fora. Apesar da pressão e das 14 finalizações, a bola não quis entrar no gol de Aguilar.

Precisando de três gols, Tite colocou sua equipe ainda mais ofensiva. Recuou Ralf para a zaga e tirou Malcom para as entradas de Mendoza e Danilo. Mas, o que o treinador não esperava que seus jogadores mais experientes perderiam a cabeça. Aos sete minutos, Fábio Santos deixou o pé em dividida com Santander e foi expulso.

Fonte: Rádio Tangará

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?