Menu
Seções
Coronel atropelado enquanto pedalava não resiste e morre
março 2, 2016 Destaques

Celso Henrique Barboza estava internado desde o dia 20 de janeiro, quando foi atingido por um carro

O coronel da PM Celso Henrique Barboza morreu na noite desta terça-feira (1º) no Hospital Jardim Cuiabá, onde estava internado desde o dia 20 de fevereiro, após ter sido atropelado enquanto pedalava na rodovia BR-070, no trevo de Nossa Senhora de Livramento.

A morte foi confirmada às 21h30 pelas assessorias de imprensa da PM e da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

O coronel havia sofrido traumatismo craniano, além de fraturas nas pernas.

Nem mesmo o rápido atendimento no dia do acidente impediu que o quadro se agravasse. Ele foi socorrido pelo helicóptero Águia da Policia Militar e em poucos minutos já estava no hospital.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 8h30 no quilômetro 548 da BR-070, sentido Cáceres a Várzea Grande.

O condutor do carro, um Fiat Uno, permaneceu no local até o coronel ser socorrido.

Os exames de alcoolemia e teste do bafômetro apontaram que o motorista não estava alcoolizado.

Ele relatou que sofreu um mal súbito e acabou perdendo o controle do carro.

Um inquérito civil foi instaurado para investigar as causas do acidente. O condutor do Fiat Uno responde o processo em liberdade.

O coronel atuava no comando regional da PM em Tangará da Serra ( 242 km da Capital). Ele estava de férias e depois entraria em período de licença-prêmio.

Na semana passada, a família do militar fez apelos por doações de sangue para repor os estoques usados em seu tratamento.

Com Midia News

Comentários estão fechados
*