Você está lendo:
DELEGADOS NO GAECO: Segurança e MPE firmam parceria para combater a criminalidade
0

DELEGADOS NO GAECO: Segurança e MPE firmam parceria para combater a criminalidade

by newsmtjaneiro 14, 2015

Zaque e Prado mandaram recado a “opositores que trabalham com organizações criminosas”

O secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque, e o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, oficializaram, na tarde desta terça-feira (13), o início da parceria na atuação no combate ao crime organizado e à criminalidade em Mato Grosso, com a atuação de dois delegados da Polícia Civil no Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Os dois gestores, que agora passam a atuar de forma conjunta, enviaram um recado aos opositores que “trabalham com organizações criminosas” e afirmaram estar atentos às ações que causam danos à população.

Mauro Zaque, responsável por conduzir a parceria entre os dois órgãos, afirmou que o amadurecimento tanto do MPE quanto das polícias Civil e Militar possibilitaram que, neste momento do atual Governo, fosse possível a atuação em conjunto com o objetivo de combater a criminalidade e a corrupção.

O secretário disse ainda que, apesar de muitos ainda acharem que Mato Grosso “é terra de ninguém”, o Estado está aparelhado para coibir práticas criminosas.

“Ao contrário do que muitos pensam, não existe conflito entre os órgãos, existe sim uma grande vontade de atuação na defesa da população. A Secretaria de Segurança e o MPE, agora, atuarão fortemente lado a lado com esse mesmo foco. E isso é uma mensagem do atual Governo aos opositores que pensam que podem trabalhar com organizações criminosas e aos que pensam que MT é terra de ninguém. Estamos aparelhados para combater isso”, disse Zaque.

O procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, observou que a integração dos dois órgãos foi concretizada graças à iniciativa do secretário Mauro Zaque. E afirmou que, mais do que nunca, em Mato Grosso, a corrupção será combatida de forma ferrenha.

“Ao contrário do que muitos pensam, não existe conflito entre os órgãos, existe sim uma grande vontade de atuação na defesa da população. A Secretaria de Segurança e o MPE, agora, atuarão fortemente lado a lado com esse mesmo foco”

“Podem ter certeza de que realizaremos um trabalho de união. Estamos enfrentando a corrupção de uma forma histórica em Mato Grosso. Afinal, todos temos um objetivo, que é de combater os crimes, cada qual com sua competência, mas de forma ferrenha”, disse.

Com a oficialização da cooperação entre os órgãos, os delegados Wylton Massao Ohara e Carlos Américo Marchi passam a atuar já nesta semana no Gaeco, que é ligado ao MPE.

Para Ohara, a medida é uma formalização de um hábito que já ocorria durante as investigações criminais.

“Estamos formalizando um hábito com uma integração física para que possamos ter uma maior efetividade no combate à corrupção. A ideia e fazer uma integração de informações”, declarou.

Medida

O governador Pedro Taques (PDT) participou da cerimônia de oficialização de parceria entre as duas instituições, e defendeu que medida é uma afirmação de que MPE, a PJC e a PM são capazes de atuar em conjunto, no propósito de defesa da população, ao contrário do que muitos esperavam.

“Muitos apostavam na desavença genética entre esses órgãos. Mas quero parabenizar o secretário de Segurança por essa integração, que será de extrema importância para a população”, disse.

Fonte: Redação com PRISCILLA VILELA-MÍDIA NEWS

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?