Você está lendo:
Deputado sugere comissão para dar fim na greve dos caminhoneiros
0

Deputado sugere comissão para dar fim na greve dos caminhoneiros

by newsmtfevereiro 26, 2015

Desde a semana passada, o bloqueio de estradas por caminhoneiros tem afetado o transporte de mercadorias em portos e rodovias. Os manifestantes protestam, entre outros motivos, contra o aumento no preço do litro do óleo diesel e contra o valor dos fretes, considerado baixo pela categoria. Até a noite de terça, pelo menos 13 estados haviam tido registro de atos, com interdição de rodovias e acessos a portos.

Apesar das manifestações, o governo sinalizou que não pretende reduzir o preço do litro do combustível, segundo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto.

O deputado federal Valtenir Pereira (PROS-MT) em discurso no plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (25), sugeriu a criação urgente de uma comissão de parlamentares para participar das negociações entre o governo federal e os caminhoneiros. “Em Mato Grosso, várias cidades estão a beira de um colapso. Os combustíveis nos postos acabaram hoje. O estoque de gás de cozinha está no fim. Os supermercados estão desabastecidos. Os frigoríficos estão com as portas fechadas. As aves estão morrendo nas granjas. Diante de tamanha tensão, há que haver bom senso das partes. Os governos, federal e estadual, devem sentar-se à mesa com os caminhoneiros para buscar uma solução consensuada para o problema. Por parte da Câmara, sugiro a criação urgente de uma comissão de parlamentares para também acompanhar e participar das negociações” disse.

O parlamentar cobra do governo maleabilidade nas negociações, respeitando as reivindicações dos caminhoneiros. “O momento não é de enfrentamento. É de diálogo. A solução está na mesa de negociações, jamais no radicalismo das ações, quer dos governos quer dos caminhoneiros. O governo há que entender que existem limites que não poderão ser ultrapassados, ainda que a ortodoxia da equipe econômica exija medidas duras, como aumentar impostos e cortar despesas”, ressalta Valtenir.

Paralelamente, o Senador Wellington Fagundes (PR-MT) defendeu uma tabela de valores mínimos a ser pago pelo frete. O republicano presidiu a sessão do dia no Senado Federal durante boa parte do tempo em que o assunto foi amplamente discutido. “Com essa tabela, com certeza, caminharemos rapidamente para uma solução” – comentou.

Wellington, que atua há vários anos na defesa da melhoria da logística de transporte no Brasil, e, principalmente, em Mato Grosso, enfatizou que, de fato, existe um forte desequilíbrio entre o valor pago atualmente pelo frete e os custos do transporte. “O Governo precisa agir, buscar essa tabela de valores mínimos para compensar os graves prejuízos que os transportadores estão enfrentando diante do reajuste do preço do óleo diesel” – assinalou.

Fonte: Da Assessoria

 

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?