Você está lendo:
"É mais uma baixaria e mentira de quem não sabe fazer política"
0

"É mais uma baixaria e mentira de quem não sabe fazer política"

by newsmtsetembro 19, 2014

Candidato do PDT nega participação de empresário em campanha

O candidato a governador Pedro Taques (PDT) classificou como “desespero” o pedido de cassação que o seu adversário, Lúdio Cabral (PT), anunciou que vai protocolar, na Justiça Eleitoral, por suposta compra de votos.

“A minha opinião é de que existe uma música em campanha eleitoral que fala que ‘bateu desespero’. E bateu desespero mesmo do lado de lá. O candidato Lúdio, de acordo com a própria Justiça Eleitoral, pratica ato sem escrúpulo”, disse o candidato do PDT, na tarde desta quinta-feira (18). 

“Isso é mais uma armação do povo que está morrendo de medo que eu ganhe as eleições. É mais uma baixaria, uma mentira de quem não sabe fazer política”

Lúdio acusa Taques de ter cometido os crimes de abuso de poder econômico e de compra de votos, por supostamente distribuir comida, bebida e combustível para eleitores, no Distrito Industrial, em Cuiabá, nesta semana.

O ato teria sido flagrado por assessores jurídicos de Lúdio e um oficial de Justiça, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão para retirar propaganda irregular, em um dos postos de combustível do empresário Aldo Locatteli.

Taques afirmou que não pode responder pelo empresário. Ele, no entanto, disse acreditar que o grupo da situação está “com medo” de perder as eleições.

“Isso é mais uma armação do povo que está morrendo de medo que eu ganhe as eleições. Quem responde pelo Aldo é ele mesmo, não posso responder por ele. O próprio Tribunal Eleitoral disse que não houve crime eleitoral, que isso é mais uma armação do grupo político, que está morrendo de medo de perder a eleição”, afirmou.

Taques negou que Locatelli faça parte da sua coordenação de campanha, ou que tenha influência no grupo.

“Ele não faz parte da coordenação. O Aldo Locatelli responde por suas ações. E eu não respondo pelas ações daqueles que, porventura, podem ter um cartaz com meu nome”, disse.

Para Taques, o candidato do PT usa de “baixarias” desde a campanha de 2012, quando disputou a Prefeitura de Cuiabá, para crescer nas intenções de votos.

“Na campanha de 2012, ele também fez baixaria. Ele disse que a Virginia Mendes [mulher do prefeito Mauro Mendes] estava mentindo ao dizer que estava doente e, seis meses depois, ela fez transplante de rins. Ele mentiu que Mauro Mendes sairia para ser candidato ao Governo. É mais uma baixaria e mentira de quem não sabe fazer política”, afirmou.

“Fantoche” 

“Lúdio age como um moleque, um fantoche de tudo que há de pior na política de Mato Grosso, que teve a sua campanha anterior financiada provavelmente por dinheiro roubado”


A candidata à deputada estadual Adriana Vandoni (PDT), que também é uma das denunciadas por Lúdio pelo mesmo crime, classificou o petista de “moleque” e “fantoche”.

“Lúdio age como um moleque, um fantoche de tudo que há de pior na política de Mato Grosso, que teve a sua campanha anterior financiada provavelmente por dinheiro roubado, dinheiro público desviado através de esquemas de seus apoiadores”, afirmou, em sua página no 

Facebook

.Vandoni disse, ainda, que Lúdio deve explicar sobre supostas doações do ex-secretário de Fazenda, Eder Moraes (PMDB).

“Você precisa explicar como usou os R$ 7,5 milhões que o Éder lhe deu na campanha passada. Mais que isso, que motivos te levaram a pedir dinheiro em seu site para os ladroes do PT condenados no mensalão pelo STF. Essa a diferença entre nós: eu sempre combatendo a corrupção e você fazendo “cotinhas” para dar dinheiro aos ladroes do PT”, completou.

Busca e apreensão 

A assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmou que um oficial de Justiça esteve no posto do empresário Aldo Locatteli, para fazer busca e apreensão de materiais que estariam irregulares.

“O material foi apreendido e está em análise. Não há nada a respeito de compra de votos”, disse um assessor.

Leia mais sobre o assunto:


Lúdio vai pedir cassação de Pedro Taques e Adriana Vandoni

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?