Você está lendo:
Energia: Mais de 60% de linhas de transmissão estão atrasadas

Energia: Mais de 60% de linhas de transmissão estão atrasadas

O risco de faltar energia ficou para trás. Agora o problema é a estrutura para escoá-la. Levantamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostra que 62,3% das 363 linhas de transmissão em construção no Brasil estão atrasadas. O desvio médio do cronograma é de nada menos que 502 dias.

A principal razão para o atraso é a demora no licenciamento ambiental, apontada em 71% dos casos. Os riscos elevados e as taxas de retorno consideradas baixa estão afastando os investidores de novos projetos. Em 2015, dos 34 lotes oferecidos em leilões, só 11 tiveram interessados.

Fonte: Da Veja