Você está lendo:
Feliz Natal: Secretária diz que até agosto irá analisar mais de 320 projetos de manejo florestal
0

Feliz Natal: Secretária diz que até agosto irá analisar mais de 320 projetos de manejo florestal

by newsmtjulho 1, 2015

Em audiência pública realizada ontem (30.06) no município de Feliz Natal/MT, a secretária de Estado e Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini de Souza, declarou que o órgão ambiental estará iniciando, está semana, uma força tarefa para diminuir o passivo de mais de 500 processos com pedidos de exploração vegetal no Estado.

Ela citou também que esta ação é necessária devido à grande pressão que a Secretaria vem recebendo. Para que esta ação aconteça com maior celeridade, foram contratados mais 10 servidores que irão trabalhar exclusivamente neste sentido.

De Vera/MT, estavam presentes os vereadores Luiz Xavier e Vilmar Scherer, que citou que é inaceitável um processo ficar quatro anos à espera de análise da SEMA. “Tem que haver lei sim, mas também é preciso estabelecer prazos para que as coisas funcionem”.

Ana Luiza respondeu explicando que além do aumento no quadro de funcionários, também foi contratada uma empresa para a implantação de um sistema que em breve permitirá que os proprietários de terras possam fazer o pedido de onde tiver acesso à internet não necessitando ir até o órgão em Cuiabá.

“Me solidarizo com a situação dos produtores, sei que existe um atraso por causa da falta de estrutura e, pessoal principalmente. É preciso que o processo seja mais ágil”, disse a secretária.

O prefeito de F.N. Antônio Dubiella, destacou, que o município está de portas abertas para o diálogo com a SEMA, IBAMA e qualquer outro órgão, mas considera difícil o acesso físico até o órgão que se concentra exclusivamente na capital Cuiabá.

Sobre isso a secretária destacou o lançamento nesta quarta-feira (01), a implantação de uma unidade do órgão, na cidade de Alta Floresta/MT, o que segundo ela facilitará o acesso e também irá “descongestionar” a unidade da Capital. O município do extremo norte foi escolhido por estar mais avançado no sentido estrutural da Secretaria.

Peterlini ainda reforçou a importância de que todos saibam de suas responsabilidades e evitem tanto os desmatamentos irregulares quanto as queimadas. Que para toda ação deste tipo existe um procedimento baseado em dados e informações previamente estudadas e que para desmatamentos e queimadas irregulares, além da multa o proprietário também poderá responder criminalmente.

Na sequência o coronel do corpo de bombeiros, Hector Péricles falou sobre o Controle de Focos de Calor e procedimentos adotados e suas dificuldades quando existem grandes queimadas.

O Funcionário da SEMA, Gabriel Vitorelli falou sobre os sistemas de monitoramento que o órgão utiliza e Layr Mota, presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) que falou sobre a prevenção ao fogo para a agricultura familiar.

No encontro, compondo a mesa de honra também estavam presentes Rodrigo Roberto Curvo, Juiz da Vara especializada do Meio Ambiente, Luiz Alberto Escaloppe, procurador de justiça do Ministério Público Estadual, Cleverson Luiz Anacleto presidente da Câmara municipal de F.N, Nabson Pires, representante do INCRA e Valdir Barranco, deputado estadual.

Feliz Natal-MT

Segundo informações da SEMA, Feliz Natal é o terceiro município de Mato Grosso no ranking de desmatamento ilegal, com 4,9 mil hectares derrubados no ano passado, só perdendo para Colniza (14,5 mil hectares) e Nova Bandeirantes (7 mil hectares).

Dados do satélite de referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que Feliz Natal é o segundo no ranking em focos de calor este ano, com 208 focos registrados de 1º de janeiro até o dia 29 de junho. No ano passado, entre janeiro e dezembro, somou 834 focos de calor, ficando em 5º na lista dos que mais “queimaram“. Além de Feliz Natal, outros dois municípios receberão audiências públicas: São Felix do Araguaia (07.07) e Juara (14.07).

Da Assessoria

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?