Você está lendo:
Frente fria atua no Sul do BR. Áreas de MS podem ter chuva hoje
0

Frente fria atua no Sul do BR. Áreas de MS podem ter chuva hoje

by Radio Tangarásetembro 17, 2020

Uma frente fria avança pelo litoral da Região Sul e nuvens carregadas se espalham pelo interior dos estados. Já choveu forte em algumas áreas do Rio Grande do Sul nas últimas 24 horas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre o fim da noite da terça-feira, 15, e o fim da noite de ontem, 16 de setembro, choveu quase 93 mm sobre Santiago, cerca de 67 mm em Tupanciretã, quase 42 mm em Campo Bom e 40 mm em Porto Alegre.

Durante esta quinta-feira, 17 de setembro, algumas nuvens de chuva devem se formar no sul de Mato Grosso do Sul e também pelo litoral de São Paulo.

Nuvens carregadas crescem em estados da Região Norte.

Os satélites estão mostrando nuvens sobre o Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, mas não são nuvens de chuva.

Previsão do tempo para quinta-feira, 17 de setembro

A primavera começa no dia 22 de setembro, terça-feira da próxima semana.

Quinta-feira promete ser outro dia com muito calor e sol forte por quase todo o Brasil. Apesar do calorão, a chuva continua concentrada nos extremos do país, no Sul e na Região Norte.

Previsão de pancadas de chuva com raios à tarde e à noite no Acre e no Amazonas. Em Roraima chove a qualquer hora do dia.

Pode chover rapidamente no litoral do Maranhão e no litoral desde o Rio Grande do Norte até Sergipe.

Chove fraco na Baixada Santista e litoral sul de São Paulo, mas o Paraná, Santa Catarina e a serra gaúcha podem ter várias pancadas de chuva com raios. A chuva dá uma trégua sobre quase todo o Rio Grande do Sul, mas o estado ainda fica com muitas nuvens.

Calor é intenso em quase todo o país

Quinta-feira de calor no Brasil. Faz um pouco de frio só no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A cidade de São Paulo pode ter a tarde mais quente do ano até agora. Temperaturas de 40°C voltam a ocorrer em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará, Maranhão e Piauí.

Alertas e riscos meteorológicos previstos para hoje

A circulação dos ventos em níveis médios da atmosfera estará favorável ao transporte de fumaça do Centro-Oeste para São Paulo. Se isto ocorrer, o sol pode aparecer ficar enevoado e os tons de laranja e vermelho podem ficar mais evidentes no céu.

Quinta-feira com alerta para temporais no extremo norte do país, na região de Roraima.

Atenção para chuva moderada a forte, raios e vento forte sobre o norte, centro-oeste e sul do Amazonas e no Acre.

Atenção para chuva moderada a forte, raios e vento forte sobre Santa Catarina, no Paraná e na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina.

O litoral norte do Rio de Janeiro tem rajadas de vento com até 55 km/h. A faixa norte da Região Nordeste fica em atenção para rajadas de vento entre 40 e 55 km/h.

Níveis de umidade do ar muito baixos, entre 10% e 20% voltam a ocorrer em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, oeste de São Paulo e Goiás.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

About The Author
Radio Tangará