Você está lendo:
GOVERNADOR TUCANO: "Taques chega ao PSDB como um dos grandes líderes do Brasil"
0

GOVERNADOR TUCANO: "Taques chega ao PSDB como um dos grandes líderes do Brasil"

by newsmtagosto 31, 2015

Aécio Neves diz que governador de Mato Grosso contribui para mostrar que a política tem jeito

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou, em discurso, no sábado (29), que o governador Pedro Taques chega ao partido como um dos mais importantes e expressivos líderes do país.

Taques assinou a ficha de filiação do partido durante ato realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, com a presença de tucanos da mais alta plumagem. Outras quatro mil pessoas estiveram presentes.

Durante discurso, Aécio Neves afirmou que se o PSDB tivesse que escolher apenas uma ficha de filiação, esta seria entregue a Taques.

“A presença de Taques no PSDB não é a presença de apenas mais um governador, é a presença da esperança, da verdade, da honestidade, de tudo que o Brasil precisa”

“Se o PSDB pudesse escolher apenas uma ficha de filiação, eu diria: entregue a Pedro Taques, porque a presença dele no PSDB não é a presença de apenas mais um governador, é a presença da esperança, da verdade, da honestidade, de tudo que o Brasil precisa”, disse.

De acordo com Aécio, o governador de Mato Grosso é um nome que irá auxiliar o PSDB no âmbito nacional.

“E você, Pedro, é um homem nacional. Neste momento em que o Brasil precisa de um novo ciclo, de um novo projeto, você é uma figura que deverá caminhar conosco pelo Brasil, para falar aos descrentes, para falar aos que não acreditam na política que há jeito, sim”, disse.

Aécio ainda observou que Taques se filia a um partido com diversos nomes de qualificação, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador José Serra (SP).

“Nenhum partido no Brasil têm quadros com a qualificação que tem o PSDB, nenhum partido no Brasil tem o Alckmin, o Serra, o Beto Richa, o Reinaldo Azambuja e tantos outros. Portanto, para nós, é um momento mágico sua chegada ao PSDB”, afirmou.

Para o senador mineiro, o momento foi de reencontro com a história da legenda no Estado, que teve em seus quadros o ex-governador Dante de Oliveira, falecido em 2006.

Ele ainda citou os novos filiados ao partido, que devem ser anunciados ao longo das próximas semanas. Ao menos 40 prefeitos de Mato Grosso devem seguir o governador ao ninho tucano.

“Vejo, hoje, um reencontro tão marcante na história do PSDB, o encontro do nosso partido com a sua própria história. Citei Dante, e me lembro da história aqui. Sei que o Nilson Leitão, Wilson Santos e Guilherme Maluf ficaram firmes no momento mais difícil da história do PSDB. E hoje queremos fortalecer ainda mais com as novas lideranças que estarão se somando a nós”, disse.

“Você, Pedro, é um homem nacional. Neste momento em que o Brasil precisa de um novo ciclo, de um novo projeto, você é uma figura que deverá caminhar conosco pelo Brasil”

Aliança

Por fim, Aécio Neves destacou o fato de Taques, por diversas vezes, ir contra seu antigo partido, o PDT, em relação à gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele lembrou a campanha de 2014, quando Taques apoiou sua campanha à Presidência da República.

“Quando estávamos juntos, ainda no primeiro turno da campanha eleitoral, na Praça Ipiranga, e fizemos um comício improvisado, o Pedro, em um gesto de coragem, disse uma frase que eu e minha família vamos guardar para o resto da vida: ‘Meu nome é Pedro Taques, mas pode me chamar de Aécio Neves’”, disse.

“Hoje, estão aqui tucanos de todo o Brasil. Mas, neste instante, o PSDB tem outro nome, hoje o nome do PSDB é governador Pedro Taques. Hoje, o Brasil comemora a aliança da boa política”, completou o presidente tucano.

Fonte: Do Mídia News
About The Author
newsmt