Você está lendo:
Governo vai buscar recursos para implantação de programa de saneamento básico
0

Governo vai buscar recursos para implantação de programa de saneamento básico

by Radio Tangarádezembro 14, 2016

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado das Cidades, trabalha no planejamento de um grande programa de saneamento básico. Para isso, o Estado já iniciou um amplo diagnóstico da situação em todos os 141 municípios de Mato Grosso. Para efetivar o plano, o Estado será parceiros dos municípios e buscará recursos junto à União.

O programa foi tema de reunião entre governador Pedro Taques, o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal Bosco, o secretário-adjunto de Políticas Urbanas da Secid, Carlos Miranda, os professores da UFMT, Paulo Modesto Eliana Beatriz e o representante da Funasa, Francisco Silva Lima.

O representante da Secid destacou que o Governo de Mato Grosso, tem trabalhado no plano de saneamento do estado inteiro. Segundo Carlos Miranda, hoje o saneamento ainda é muito precário. “A Secid trabalha em um planejamento junto com a UFMT, para, a partir dele, ter condição de fazer uma operação de crédito. A ideia é que a gente use no início do próximo ano os dados que temos do Vale do Rio Cuiabá e da Bacia do Alto Telles Pires, que já estão com o diagnóstico concluído para fazer uma ação junto ao BNDES e captar recursos”, disse.

Além disso, a ideia do Governo de Mato Grosso é capacitar os servidores dos municípios para atuar com o saneamento e a regulação, já que 32 municípios fizeram a concessão do serviço à iniciativa privada.

O professor de engenharia sanitária da UFMT, Paulo Modesto, afirmou que a comissão temática busca fazer a adequação da política estadual de saneamento básico. O foco, neste primeiro momento, são os 130 municípios do estado que têm menos de 50 mil habitantes.

Ele cita que 108 municípios estão sendo contemplados com a elaboração de plano de saneamento. Destaca que os estudos já demonstram o quanto será necessário investir em saneamento nos próximos 20 anos. “O que ouvimos hoje do governador foi muito bom. O Estado esta ciente dos problemas e já estabeleceu uma estratégia de parcerias com outras secretarias, a Ager, a Funasa e a UFMT. Com isso, vamos elaborar um plano para o governador para que a gente possa pensar em recursos dentro daquilo que foi discutido para Mato Grosso na perspectiva futura”, comentou.

O deputado Dilmar Dal Bosco, que participa da comissão temática que discute o saneamento na Assembleia Legislativa, destacou que o trabalho foi bem recebido pelo governador Pedro Taques. Segundo ele, a Unemat também deve atuar junto ao grupo neste grande esforço para elaboração do plano de expansão do saneamento em Mato Grosso.

Dilmar ressaltou ainda que a preocupação do governador é com a inclusão dos assentamentos do Incra e do Intermat neste plano de saneamento. “Para que possa levar água tratada ao interior e também à comunidade rural”, reforçou.

 

About The Author
Radio Tangará