Você está lendo:
Insatisfação leva 7 mil manifestantes para Avenida Brasil
0

Insatisfação leva 7 mil manifestantes para Avenida Brasil

by newsmtmarço 16, 2015

Tangaraenses davam gritos de ordem e pediam o Impeachment da presidente

A insatisfação com o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) levou para as ruas de Tangará da Serra milhares de tangaraenses que pediam incansavelmente, durante a caminhada “Fora Dilma, Fora PT”. De acordo com a Polícia Militar cerca de sete mil pessoas participaram da manifestação que aconteceu ontem, 15, por volta das 16 horas.
Os manifestantes se reuniram em frente ao estacionamento do Supermercados Big Master e caminharam até a Praça dos Pioneiros. Em frente a Igreja Matriz, aconteceu a primeira parada, onde o frei Elizeu discursou e pediu a benção divina sobre o país. “Queremos um país mais justo, é muito importante essa manifestação, pedimos que Deus  abençoe o Brasil”, disse o frei.
Os tangaraenses deram  gritos de ordem e pediram o Impeachment da presidente. “Estamos cansados de tantos escândalos de corrupção, queremos um país mais justo, queremos saber onde nosso dinheiro está sendo investido, queremos saúde de qualidade, educação para nossos filhos”, desabafou a tangaraense Elisângela.
Felipe, tem apenas 14 anos mas foi as ruas vestido de verde-amarelo. “Este é o momento do povo sair pra rua para decidir o futuro do Brasil, esta é hora do governo ver que o povo acordou”, disse o jovem destacando a importância da manifestação.
Roberto, 74 anos, não mediu esforços para comparecer a manifestação, pois acredita que o povo tem poder para mudar o governo. “Na época do Collor, eu também participei das manifestações, o povo foi pra rua e ele saiu do governo, agora a história se repete e tenho certeza que vamos conseguir tirar o PT do poder, o Brasil já sofreu demais”, contou Roberto relembrando que em 1992 Fernando Collor de Mello renunciou a presidência.
De acordo com a Polícia Militar, o movimento foi pacífico e nenhum ato de vandalismo foi registrado até o final da caminhada. Uma equipe do Corpo de Bombeiros e agentes de transito acompanharam o movimento para garantir a segurança da população.
O manifesto aconteceu em quase todos os Estados, além do Distrito Federal. Em Cuiabá, 30 mil pessoas participaram dos protestos, os atos ocorreram entre as praças Alencastro e 8 de abril, os manifestantes percorreram toda a Avenida Getúlio Vargas. Em São Paulo, 1 milhão de manifestantes se reuniram na região da avenida Paulista, segundo estimativa da Polícia Militar. Em Brasília, 40 mil pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional.  No Rio de Janeiro, a concentração foi na orla de Copacabana, onde mais de 15 mil manifestantes fecharam a av. Atlântica. Também houve protestos em Recife, Belo Horizonte, Salvador e São Luís, entre outras cidades. Os atos, que tiveram adesão mais forte do que o previsto pelo governo, foram classificados de “significativos” por assessores presidenciais.

Fonte: Kelli Krause / Redação DS

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?