Você está lendo:
Jovens e adultos buscam Seduc para terminar estudos
0

Jovens e adultos buscam Seduc para terminar estudos

by Radio Tangarásetembro 12, 2016
Maioria dos interessados são jovens entre 18 e 30 anos que procuraram atendimento para fazer o Exame Supletivo Online, oferecido pela secretaria. Principais objetivos são desenvolver competências e habilidades em um mundo globalizado e a busca por melhores oportunidades de emprego.

exame-supletivo

A necessidade de se colocar em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo tem levado milhares de brasileiros de volta à escola. Em Mato Grosso, atualmente, aproximadamente 99 mil alunos são atendidos pela Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Além disso, nos últimos cinco anos, a Seduc certificou cerca de 10 mil pessoas por meio de ações como o Exame Supletivo Online.

No último fim de semana, durante a Caravana da Transformação, realizada pelo Governo do Estado em Peixoto de Azevedo, a equipe da Seduc contabilizou cerca de 80 atendimentos e inscrições para o Exame. Destes, 55 realizarão a prova entre os dias 26 e 30 de setembro no município – uma ação exclusiva para moradores da região que se cadastraram no decorrer do evento.

De acordo com o técnico da coordenadoria de EJA da Secretaria, Itamar Bressan, a maioria das pessoas que procurou o estande tinha entre 18 e 30 anos. As principais causas apontadas para a desistência do estudo são, principalmente, a falta de estímulo e a necessidade de trabalhar. “Porém, esses jovens estão sentindo a necessidade de qualificação e de cursar uma faculdade. Em um mundo globalizado, eles estão enxergando que é preciso desenvolver competências e habilidades para se encaixar no mercado de trabalho e ter acesso a inúmeras possibilidades de escolhas para seu futuro”, afirma.

Bressan ressalta que o Exame Online se apresenta como uma grande oportunidade para que esses jovens e adultos, que não concluíram seus estudos, consigam a Certificação da Educação Básica. “A prova irá avaliar as competências para a obtenção do certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio. Pessoas que estudaram por conta própria ou por programas, mas não estão ligadas a nenhum programa de EJA, também podem se inscrever nesses exames para pleitear o certificado”, informa.

Uma das jovens atendidas pela equipe foi Franciele Pires, 21 anos. Ela parou de estudar quando estava no 1º ano do ensino médio porque estava difícil conciliar os estudos com o trabalho. “Comecei a trabalhar e a chegar muito tarde em casa, e muito cansada. Desanimei. Agora, estou tendo a oportunidade de tentar terminar os estudos e fazer uma faculdade, que é o meu sonho, então estou muito feliz”, disse.

Público

O professor Itamar Bressan frisa que qualquer pessoa que sonhe em voltar a estudar deve procurar meios para isso. “E quem acha que não tem mais idade para aprender deve lembrar que muitos jovens e adultos estão enfrentando o desafio de encarar a sala de aula novamente em todos os níveis de escolaridade. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por exemplo, tem registrado candidatos com idade de 30 anos ou mais e o número só aumenta”.

Desde 2011, quase 10 mil pessoas foram certificadas nos ensinos fundamental e médio pela Seduc. Além do Exame Supletivo Online e Exame Supletivo Online Itinerante, a Secretaria realiza o exame para pessoas privadas de liberdade (PPL) dentro das unidades penitenciárias do Estado.

Já o Exame Itinerante, nos moldes do realizado em Peixoto, acontece com um agendamento prévio e deslocamento da equipe da Seduc para as localidades que não possuem Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja).

Nos 22 municípios onde existem Cejas, é realizado o Exame Supletivo Online durante todo ano, com agendamento pelo site da Seduc e a prova presencial na unidade escolar.

Interessados podem acessar o portal http://sigeduca.seduc.mt.gov.br/exame/home.aspx ou ligar para (65) 3365 4334 e (65) 3613 6325.

 

About The Author
Radio Tangará