Você está lendo:
Justiça suspende concurso da PF em Mato Grosso e 7 estados
0

Justiça suspende concurso da PF em Mato Grosso e 7 estados

by newsmtoutubro 29, 2014

A Justiça Federal suspendeu temporariamente o concurso público para a Polícia Federal de Mato Grosso e outros sete estados, que estava programado para 21 de dezembro deste ano. A suspensão foi por conta da falta de adaptação nas provas para os candidatos portadores de necessidades especiais (PNE).

A decisão partiu da 1ª Vara da Justiça Federal de Uberlândia, em Minas Gerais, que acatou um pedido do Ministério Público Federal (MPF), que informou que o edital reserva as vagas para as pessoas com deficiência, mas que não provia condições para que os PNEs pudessem concorrer igualmente. “Na prática, frustra a concretização desse direito, uma vez que está explicito nas disposições que não haverá adaptação do exame de aptidão física, do exame médico, da avaliação psicológica ou do Curso de Formação Profissional às condições do candidato, com deficiência física ou não”.

Por conta disso, a Justiça determinou que a Polícia Federal adapte o exame de aptidão física e do curso de formação profissional às necessidades dos candidatos com deficiência. Os candidatos com deficiência serão reavaliados durante o estágio probatório, para que seja identificado se há compatibilidade das deficiências apresentadas com as atribuições do cargo.

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), responsável pelo concurso, divulgou em seu site que a medidas serão tomadas para regularizar a situação, contudo não apresentou estimativa de quando o certame será retomado.

O concurso público prevê o preenchimento de 600 vagas de agentes da Polícia Federal. O salário inicial é de aproximadamente R$ 7,5 mil mais auxílio alimentação. A jornada será de 40 horas semanais.

Para concorrer à vaga, os interessados precisam ter formação de nível superior em qualquer área e possuir carteira de habilitação de categoria B em diante. A seleção será realizada em cinco etapas, com provas objetivas e discursivas, com caráter eliminatório e classificatório. Os classificados serão convocados para o exame de aptidão física, programado inicialmente para fevereiro, exame médico e avaliação psicológica e investigação social.

As vagas serão disponibilizadas para Mato Grosso, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima.

Fonte: Folha Max

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?