Você está lendo:
Lúdio: “Eu seria um covarde se abandonasse o PT nesta crise”
0

Lúdio: “Eu seria um covarde se abandonasse o PT nesta crise”

by newsmtjulho 6, 2015

Ex-vereador Lúdio Cabral confirma convites do PDT, mas disse que continua em seu partido

O ex-vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral afirmou que não existe qualquer possibilidade de ele deixar o Partido dos Trabalhadores para ingressar nos quadros do PDT ou de qualquer outra legenda.

“Construí toda a minha trajetória política no PT e seria uma covardia eu deixá-lo neste momento de crise. Eu sigo no meu partido”, disse Lúdio, em entrevista ao MidiaNews.

Na última semana, o presidente do PDT em Mato Grosso, deputado estadual Zeca Viana, afirmou que fez um convite informal ao petista, para ele mudar de partido.

“Construí toda a minha trajetória política no PT e seria uma covardia eu deixar o PT, neste momento de crise. Eu sigo no meu partido”

Na ocasião, Viana citou, inclusive, o desgaste enfrentado pelo PT no país como fator que poderia levar Lúdio a optar por uma mudança de partido.

O petista confirmou que teve um encontro informal com pedetista, mas disse ter deixado claro que não tem a intenção de deixar seu partido.

“Tivemos uma conversa, nos encontramos informalmente, mas deixei bem claro que não tenho a intenção de sair do PT”, disse o ex-vereador.

Além do PDT, Lúdio afirmou que, semanalmente, tem recebido diversos convites de lideranças de outros partidos. Contudo, ele não quis revelar quais as siglas já o “assediaram”.

“Conversas existem. Toda semana, alguém conversa comigo me convidando para ir para algum partido, por conta dessa crise que o PT está vivendo. Fico lisonjeado com os convites que recebo, mas meu lugar é no PT”, afirmou.

Recado a Pivetta

Lúdio Cabral ainda aproveitou para “mandar um recado” ao prefeito de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), Otaviano Pivetta (PDT), que fez duras críticas ao  convite de filiação ao petista.

Pivetta declarou que, se o Lúdio entrasse no PDT por uma porta, ele sairia por outra.

“Diga ao Pivetta que ele pode ficar despreocupado, que eu não tenho qualquer intenção de ir para o PDT”, afirmou Lúdio.

Quanto às declarações do pedetista, dando conta de que Lúdio seria “viciado em esquemas do PT” e que “só sabe trabalhar em causa própria”, o ex-vereador afirmou que nem irá responder.

Novas lideranças

Em entrevista ao MidiaNews, na última semana, o deputado Zeca Viana disse que o PDT está em busca de novas lideranças partidárias, em razão da iminente saída do governador Pedro Taques do partido.

“Estamos dependendo só da decisão do nosso governador. Ele saindo, é óbvio que, como dirigente do partido, tenho a obrigação, o dever de correr atrás de novos filiados”, disse Viana, na ocasião.

“O partido sente com a saída de Taques? É óbvio que sim. Se eu dissesse que não, seria até demagogia. Mas cabe a mim suprir essa falta, esse vácuo que fica no lugar do Pedro, e é isso que eu vou fazer. Como diz o ditado: perdemos um soldado, mas não perdemos a guerra. O partido vai em busca de novos aliados”, completou.

Fonte: Do Mídia News
About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?