Você está lendo:
Mais de 50 testemunhas serão ouvidas
0

Mais de 50 testemunhas serão ouvidas

by newsmtjaneiro 7, 2016

A juíza Selma Rosane dos Santos Arruda, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, definiu que a partir do dia 18 de janeiro vai começar a ouvir as testemunhas arroladas pelas defesas do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e dos ex-secretários Pedro Nadaf (Indústria, Comércio e Minas e Energia e Casa Civil) e Marcel de Cursi (Fazenda), presos no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC),  além do ex-procurador do Estado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o “Chico Lima”.

Ao todo são mais de 50 pessoas arroladas pelos advogados, algumas, inclusive, com foro privilegiado, como o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB – via carta precatória); os senadores Blairo Maggi (PR) e Wellington Fagundes (PR); deputado federal Fábio Garcia (PSB); os deputados estaduais Emanuel Pinheiro (PR) e Romoaldo Júnior (PMDB), além, do atual secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo, arrolado pelo ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa, Silvio Corrêa, que está em liberdade, porém, monitorado por tornozeleira eletrônica.

Os senadores Blairo Maggi e Wellington Fagundes, ambos do PR, não foram encontrados para falar a respeito dos seus depoimentos e não retornaram as ligações feitas para seus telefones celular.

A data das oitivas das testemunhas com foro privilegiado ainda não está definida, porém, deverão acontecer no dia 20 ou no dia 29 de janeiro. Os depoimentos acontecem na instrução do processo. “Momento em que se oportunizará ao Parquet (membro do Ministério Público) a apresentação de provas que possam demonstrar a procedência do pedido, e, por meio do contraditório e da ampla defesa o réu poderá, igualmente, comprovar suas alegações”, diz trecho da decisão da magistrada.

Selma Arruda também determinou que o ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa, Silvio Correa discrimine quais membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento Empresarial (Cedem) devem ser ouvidos, uma vez que sua solicitação foi para que “…todos os membros do Cedem, tanto os que já saíram, quanto os atuais integrantes…” devem ser interrogados.

Após o depoimento do ex-governador Silval Barbosa, o advogado Francisco Faiad, deverá, segundo ele próprio, entrar com um pedido de soltura do réu sob alegação de que, com todos os envolvidos e arrolados ouvidos, não haverá mais como alegar que ele (Silval) pode manter alguma influência contra testemunhas. Motivo que vem mantendo o ex-gestor na cadeia.

Veja a lista de testemunhas e o dia da audiência

Dia 18 de janeiro
01 – João Batista Rosa (comum às defesas de Silval, Pedro e Francisco)
02 – Frederico Coutinho Muller (comum às defesas de Silval e Francisco)
03 – Filinto Muller (comum às defesas de Silval, Pedro e Francisco)
04– Cibele de Aguiar Bojikian
05 – Ariadina Araujo da Costa
06– Geiziane Rodrigues Antelo
07 – Marcos Flávio de Oliveira (comum à defesa de Karla)
08 – Narjara de Bairros (comum à defesa de Francisco)
09 – Terezinha de Jesus Souza Coelho (comum à defesa de Francisco)
10 – Florindo José Gonçalves

19 de janeiro
01 – Marcos Moises Nadaf
02 – Lenes Monteiro de Oliveira (comum à defesa de karla)
03 – Omar Benedito Maluf (Comum à defesa de Francisco)
04 – Lourival Lopes Gonçalves
05 – Calixto Cassimiro da Mata Junior
06 – Gustavo Michels Bongiolo
07 – Eduardo Durans
08 – Marcos Amorim da Silva (comum às defesa de Francisco e Karla)
09 – Ademir Santarem Gomes
10 – André Souza Maggi
11 – Jamil Nadaf de Mello

20 de janeiro
01 – Alan Fábio Prado Zanatta
02 – André Puccineli
03 – André Dorilêo
04 – Hermes Martins da Cunha (comum à defesa de Karla)
05 – Andréia Andolpho de Moraes
06 – Paulo Sérgio Ribeiro
07 – Jonas Alves de Souza
08 – Manoel Gomes da Silva
09 – Zilmar Melatte
10 – Paulo Gasparotto
11 – Edmilson José dos Santos
12 – Keite Agnes Guimarães Rosa

29 de janeiro
01 – Valéria Cristina da Cunha Cintra
02 – Jonil Vital Souza
03 – Lucas Elmo Pinheiro Filho
04 – Laerte Santana
05 – Maron Emile Abi Abib
06 – Eduardo Mota Menezes
07 – Emília Martins da Cruz Knopp Fonseca
08 – Roberto Peron

1º de fevereiro
01 – Silval da Cunha Barbosa
02 – Pedro Jamil Nadaf
03 – Marcel Souza de Cursi
04 – Francisco Gomes de Andrade Lima Filho
05 – Silvio Cezar Correa Araújo
06 – Karla Cecília de Oliveira Cintra

Com foro privilegiado – em data a ser definida
01 – Governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB)
02 – Senador Blairo Maggi (PR)
03 – Senador Wellington Fagundes (PR)
04 – Deputado federal Fábio Garcia (PSB)
05 – Deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR)
06 – Deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB)
07 – Seneri Paulo – Secretário de Desenvolvimento Econômico de MT (Sedec)

About The Author
newsmt