Você está lendo:
Mano Menezes diz que colocou cargo à disposição após eliminação
0

Mano Menezes diz que colocou cargo à disposição após eliminação

by newsmtoutubro 17, 2014

Técnico revela conversa com o presidente Mário Gobbi: “Disse que ele ficasse à vontade se pensasse que deveria tomar outra decisão”, contou o treinador

O técnico Mano Menezes revelou que colocou o cargo de técnico do Corinthians à disposição do presidente Mário Gobbi após a eliminação para o Atlético-MG, na derrota por 4 a 1 em Belo Horizonte na última quarta-feira. Em conversa com o mandatário, o treinador pediu que ele ficasse à vontade caso quisesse desligá-lo da função. Assim como já havia feito anteriormente, Gobbi assegurou Mano até o fim do contrato, em dezembro.

– Eu disse a ele (Gobbi) que, embora sejamos amigos, em função do acontecido, que ele ficasse à vontade se pensasse que deveria tomar outra decisão. É assim que trabalho, penso, e que devem ser conduzidas essas situações. Conversamos muito com os jogadores, analisamos cada episódio das PASSAGENS que tivemos na quarta-feira. O mais importante é que temos confiança mútua para continuar. E por isso vamos continuar – explicou, em entrevista nesta sexta-feira.

Após o desembarque da delegação na manhã da última quinta-feira, os jogadores almoçaram no CT Joaquim Grava e foram dispensados. Antes do treino desta sexta, primeiro após o resultado trágico, Mano conversou com o elenco sobre o que ocorreu na eliminação da Copa do Brasil. De acordo com ele, os jogadores mostraram confiança no trabalho do treinador, o que o deixou ainda mais determinado a dar continuidade no cargo.

– Eu só pedi demissão uma vez na vida e foi em caráter excepcional. Não sou disso. Não vou fugir da responsabilidade. No mínimo até o final do ano. A decisão cabe a eles. O presidente me passou a posição do clube, eu deixei ele à vontade. Somos amigos, não compadres. Eu trabalho dessa forma – completou.

 Eu só pedi demissão uma vez na vida e foi em caráter excepcional. Não sou disso. Não vou fugir da responsabilidade. No mínimo até o final do ano. A decisão cabe a eles. O presidente me passou a posição do clube, eu deixei ele à vontade. Somos amigos, não compadres. Eu trabalho dessa forma
Mano Menezes

A pressão pela mudança de técnico é grande, especialmente por parte de torcedores organizados. Na manhã desta sexta, aproximadamente 40 corintianos foram ao CT para pedir a saída de Mano e xingar os jogadores, chamados de “mercenários”. Nos bastidores do clube, alguns conselheiros são contrários à postura de Gobbi e pedem que a troca de comandante aconteça antes do fim da temporada.

A situação de Mano Menezes pode ficar ainda mais complicada em caso de derrota para o Internacional no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), no Beira-Rio. Sexto colocado do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos, o Corinthians enfrenta um concorrente direto pelo G-4, grupo do qual saiu há cinco rodadas e não voltou mais. Restam dez jogos até o final da competição.

mano Treino do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)Mano Menezes durante o treino do Corinthians, no CT Joaquim Grava (Foto: Marcos Ribolli)
Fonte: Globoesporte.com
About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?