Você está lendo:
Mato Grosso é o 8º estado em número de mortes violentas
0

Mato Grosso é o 8º estado em número de mortes violentas

by newsmtnovembro 12, 2014

Dado consta no Anuário Brasileiro de Segurança, que destaca ainda mortes de policiais

O Estado de Mato Grosso é o oitavo em número de pessoas mortas de forma violenta no Brasil.

O dado consta no 8º Anuário Brasileiro de Segurança, levantamento produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgado na terça-feira (11).

Conforme o anuário – que, neste caso em específico, faz um comparativo entre 2009 e 2013 -, em crimes violentos letais intencionais, Mato Grosso teve um crescimento de 30%.

Os crimes, de acordo com o levantamento, agregam homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte.

Em 2009, 885 pessoas foram mortas. O número saltou para 949 em 2010, 1.015 no ano seguinte, 1.047 em 2012 e 1.152 em 2013.

Com isso, a taxa final, feita com base em uma morte a cada 100 mil pessoas, foi de 36,1.

A média mato-grossense é superior a média nacional, de 26,6. Em primeiro lugar está Alagoas, onde a taxa é de 67,5; seguido pelo Ceará, de 50,4; e Pará, de 42,4.

As vítimas

A partir dos dados colhidos pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, é possível também traçar o perfil das mortes em Mato Grosso.

Segundo os dados, quando levado em questão as mortes por agressão, incluindo aquelas não especificadas, 1.148 pessoas morreram no Estado.

Destas, 64,2% foram com armas de fogo e 35,8%, sem armas de fogo.

Quando as mortes são divididas por faixa etária, pessoas de 30 anos em diante foram as mais vitimizadas: 574.

Entre 15 a 24 anos, foram 348 mortes, de 25 a 29 anos foram 183, menores de 15 anos somam 19 mortes e idades ignoradas foram 24 mortos.

Quanto ao gênero, os homens são as principais vítimas: 92% das mortes por agressão.

Em relação a cor/raça, os pardos formam a maioria: 755 morreram, contra 264 brancos, 101 negros, um amarelo, um indígena e 26 de cor ignorada.

Mortes de policiais

O estudo também relacionou o número de policiais militares mortos durante confronto ou por lesão não natural fora do serviço.

Em 2012, no total, foram 17 mortes e, em 2013, foram 16 policiais mortos.

O levantamento também mostra o número de policiais civis e militares mortos em confronto. Em 2012, um policial civil morreu e, no ano seguinte, nenhum.

Militares mortos em confronto em 2012 foram quatro e, em 2013, três.

ISA SOUSA/MIDIA NEWS

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?