Você está lendo:
"No PSDB ele estará à vontade para defender MT", diz Aécio
0

"No PSDB ele estará à vontade para defender MT", diz Aécio

by newsmtagosto 12, 2015

Senador Aécio Neves reforça pedido para que o governador de Mato Grosso se filie ao partido

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou que a possível filiação do governador Pedro Taques (sem partido) ao tucanato será um “ganho extraordinário” ao partido.Em entrevista à Rádio Capital FM, concedida exclusivamente ao jornalista Antero Paes de Barros, nesta quarta-feira (12), Aécio disse que Taques tem uma profunda identidade com o principal partido de oposição ao Governo Dilma Rousseff (PT).“Tenho conversado com ele. E, talvez, essa seja a primeira vez que falo isso em público: não vejo local onde ele possa estar mais à vontade para defender os interesses de Mato Grosso do que o PSDB, com o nosso apoio”, afirmou.

“Tenho certeza de que, para o PSDB, seria um ganho extraordinário. E, talvez, seja o partido mais adequado para que Pedro Taques continue sua extraordinária trajetória”

“Existe uma profunda identidade do ponto de vista de valores, de ideias do que precisa ser feito na administração pública. Tenho certeza de que, para o PSDB, seria um ganho extraordinário. E, talvez, seja o local mais adequado para que Pedro Taques continue sua extraordinária trajetória”, disse o senador.

Para Aécio Neves, qualquer partido gostaria de receber a filiação de Taques. Ele, no entanto, diz que irá aguardar com tranquilidade a decisão do governador.

“Tenho pelo governador Pedro Taques um enorme respeito. O conheci no Senado. E, desde o início, ele se portou como uma figura diferenciada, colocando sempre os interesses de Mato Grosso e do Brasil acima de interesses circunstanciais. Até mesmo do seu próprio partido, que tinha aliança com esse Governo. Por isso, ele se tornou um homem respeitado em todo o Brasil”, afirmou.

“Não apenas o PSDB, mas qualquer legenda séria no Brasil gostaria de ter o governador Pedro Taques nos seus quadros. Não me cabe fazer qualquer ilação sobre a sua decisão. Mas aguardamos com boa expectativa que isso possa acontecer”, disse.

Por fim, o senador afirmou que os diretórios regionais do PSDB, em todo país, vão fazer atos de filiação a partir de sexta-feira (14) até meados de setembro.

Aécio e Taques tomam caldo de cana durante campanha em Cuiabá

 Aécio e Taques tomam caldo de cana durante campanha em Cuiabá

Em Mato Grosso, já há previsão de um evento para o dia 11 de setembro, e a agremiação espera anunciar Taques no partido até essa data.

Outro partido que também busca a filiação do ex-pedetista é o PSB, que, tem como principal líder o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

Ruptura

O governador Pedro Taques mandou ofício de desfiliação do PDT na última segunda-feira (10).

O ofício foi recebido pelo presidente do diretório do partido em Cuiabá, José Augusto Curvo, que deve oficializar o desligamento junto aos diretórios estadual e nacional.

A saída de Taques do PDT começou a ser especulada após os desentendimentos dele com o deputado estadual Zeca Viana, presidente regional da legenda.

A relação entre ambos ficou abalada desde o processo da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, ocasião em que Viana acusou Taques de trocar cargos por votos para o grupo que apoiava e que, inclusive, saiu vencedor na disputa.

Fonte: Do Mídia News
About The Author
newsmt