Você está lendo:
Nortão quer melhorias na saúde e regularização fundiária
0

Nortão quer melhorias na saúde e regularização fundiária

by newsmtfevereiro 28, 2016

Os prefeitos e vereadores de 12 municípios da região norte, que participaram de reunião com os deputados estaduais durante a 3ª edição do projeto “Assembleia Itinerante: Valorizando o Legislativo”, no último final de semana, em Sinop, apresentaram como principais demandas, melhorias para os hospitais regionais e regularização fundiária.

O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), após pedidos de vereadores do município de Colíder, que relataram os problemas no setor e com a Organização Social de Saúde (OSS) que administrava o hospital regional da cidade, afirmou que solicitará uma audiência com o Poder Executivo para uma reunião ampliada, com o objetivo de solucionar o tema.

“A saúde está em situação difícil em todo o país e os agentes políticos precisam fazer uma força-tarefa para colocar esse setor no rumo. Fiz uma proposta durante o encontro para que o Hospital Regional de Colíder seja repassado a uma OSS, pois existem organizações sérias e que executam um bom trabalho. Tenho dúvidas se o consórcio intermunicipal teria a condição, em curto espaço de tempo, de tocar o hospital”, afirmou Maluf.

No início do mês, o governo nomeou um servidor para administrar o Hospital Regional, após a rescisão de contrato entre o Estado e o Instituto Pernambucano de Assistência à Saúde (Ipas).

Com base eleitoral na região norte, o deputado Pedro Satélite (PSD) lembrou que a saúde está ‘doente’ no Brasil; em Mato Grosso não é diferente. “Temos uma série de problemas nos hospitais regionais, como no de Colíder, Alta Floresta e no Hospital Metropolitano, que foram geridos por uma OSS que prestou um verdaeiro desserviço ao Estado. Precisamos resolver esse impasse que já dura um tempo. A Assembleia Legislativa ouviu as reivindicações dos prefeitos, estávamos já discutindo o assunto e agora com mais ênfase, porque o clamor é grande”, disse.

De acordo com o deputado federal Nilson Leitão (PSDB), projetos como o Assembleia Itinerante aproximam os legislativos municipais do estadual e discutem problemas das regiões, como no caso do nortão, ainda a regularização fundiária.

“Nossa legislação fundiária tem idade quase que centenária. Falamos muito aqui daquilo que estamos tratando em Brasília, como a CPI do Incra e da Funai, e a questão fundiária de Mato Grosso, que sempre vai ser uma luta grande em regiões como esta, onde a terra valorizou muito, a produção aumentou e a insegurança jurídica prejudica o proprietário”, disse.

Prefeitos e representantes dos municípios de Sinop, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Tapurah, Ipiranga do Norte, Feliz Natal, Nova Ubiratã, Itanhangá, Santa Carmem, Vera, Claudia e União do Sul participaram da discussão, juntamente com mais de 70 vereadores.

O prefeito de Tapurah, Luiz Eickhoff, comentou que a reunião foi extremamente proveitosa, onde os chefes dos executivos e vereadores puderam apresentar todas as solicitações para os deputados estaduais e federal.

“Essa iniciativa, dos deputados virem para o interior e ouvir os prefeitos, vereadores e comunidade, acompanhando as nossas dificuldades, é muito importante. A Assembleia Legislativa ficava centralizada na capital e precisava se aproximar para ter essa visão do que é necessário e das dificuldades que temos aqui. No nosso município, falamos dos problemas da saúde, reivindicamos melhorias para o hospital regional de Colíder, Sorriso e Sinop”, destacou Eickhoff.

Outro tema discutido foi a proposta de ampliação de recursos de entidades filantrópicas, como APAE, orfanatos e asilos. “Recebemos as demandas e agora cabe à Assembleia Legislativa a interlocução junto ao governo do estado. Uma das questões abordadas foi a APAE, onde pode-se transformar em lei para que possam ser incluídas no orçamento do governo e possam ser cumpridas. Trazer a estrutura do Poder Legislativo para ouvir a sociedade é muito importante”, disse o deputado Silvano Amaral (PMDB), um dos três parlamentares de Sinop.

Também da cidade de Sinop, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) afirmou que o Poder Legislativo promove essa ação pensando no macro. “Muitas vezes estamos no serviço parlamentar dentro da Assembleia Legislativa, mas o resultado reflete na casa do trabalhador. Com esse projeto, vamos em todas as regiões ouvir de perto as demandas e para nós é importante conversar com prefeitos e vereadores”.

Já o deputado Baiano Filho (PMDB), também de Sinop, disse que o Assembleia Itinerante mostra um Poder Legislativo em movimento, percorrendo as regiões com esse objetivo de aproximar da sociedade. “Na busca de levar e adquirir informações para depois discutirmos as demandas com o governo e trabalharmos as políticas públicas necessárias”.

Com 10 anos de parlamento, José Domingos (PSD) disse que essa é a primeira vez que a Assembleia Legislativa está indo para o interior com o intuito de ficar mais próximo da sociedade. “Também é uma oportunidade para mostrarmos o que estamos fazendo em prol da qualidade de vida da população”, disse o o deputdo, que também tem base eleitoral na região.

O deputado José Carlos do Pátio (SD) participou da sessão especial e destacou as discussões de políticas públicas e homenagens para pessoas que contribuíram com o desenvolvimento da região

SESSÃO ITINERANTE – Além da reunião com prefeitos e vereadores, na sexta-feira foi realizada uma sessão especial na Câmara Municipal para debater as reivindicações da classe política e prestar homenagens aos desbravadores dos 12 municípios e pessoas com ações importantes na sociedade

Também participaram de atividades da Assembleia Itinerante, o deputado Pery Taboreli (PV), o ex-deputado federal Roberto Dorner, a vice-prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, o presidente da Câmara Municipal de Sinop, Mauro Garcia (PMDB), o vereador Fernando Assunção (PSDB) e demais prefeitos e vereadores dos municípios.

Da Assessoria

About The Author
newsmt