Você está lendo:
Nova Ubiratã: Justiça ouve testemunhas e deve decidir em 5 dias se solta vereadores presos em Sorriso
0

Nova Ubiratã: Justiça ouve testemunhas e deve decidir em 5 dias se solta vereadores presos em Sorriso

by newsmtoutubro 30, 2014

A justiça decidiu, durante audiência dos vereadores José Itamar Marcondes e Reinaldo de Freitas, acusados pelo Ministério Público de chefiarem o tráfico de drogas no município de Nova Ubiratã, mantê-los presos.

Foram quase 11 horas quando foram ouvidas vinte testemunhas de defesa e acusação. Só Notícias apurou que a bancada de defesa dos acusados fez o pedido para que eles possam responder em liberdade e a justiça deve se pronunciar dentro dos próximos cinco dias.

Eles continuam no Centro de Ressocialização de Sorriso.

A prisão ocorreu no dia 16 de julho. De acordo com o Ministério Público, além dos parlamentares, mais seis pessoas foram denunciadas sendo investigadas por tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção de menor. Consta na denúncia, que os acusados praticaram de forma reiterada os crimes de tráfico de drogas previstos no artigo 33 da Lei 11.343/06.

Além da venda de entorpecente, eles teriam, segundo o processo, adquirido, preparado, transportado, armazenado e oferecido o produto para consumo. A comercialização da droga teria sido realizada, inclusive, dentro da Cadeia Pública de Nova Mutum e em uma escola da cidade de Nova Ubiratã.

Os entorpecentes, segundo o MP, eram adquiridos em Cuiabá e Sorriso e guardados em um depósito que funcionava dentro de estabelecimento comercial, na cidade de Nova Ubiratã.

O local era utilizado como ponto de encontro dos traficantes que, sob o pretexto de cortar o cabelo, se reuniam para preparar e combinar a venda dos entorpecentes. Para isso, menores eram cooptados para fazer a distribuição. Os dois negam as acusações.

Redação com Sonoticias

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?