Você está lendo:
Nova Ubiratã: Liminar do STF devolve cargo ao prefeito e vice
0

Nova Ubiratã: Liminar do STF devolve cargo ao prefeito e vice

by newsmtjulho 7, 2015

Durante dez dias a comunidade de Nova Ubiratã conviveu com uma situação bastante delicada a partir do momento em que retumbou em todo o estado a cassação do prefeito Valdenir José dos Santos (PMDB) e seu vice Ademair Vani (PDT).

Na decisão da juíza eleitoral 43ª Zona Eleitoral de Sorriso, Ana Graziela Corrêa acatada pelo TRE do estado de Mato Grosso ficou definido de que o presidente da Câmara de Vereadores José Afonso Canola (PPS), assumisse o cargo de prefeito  em cumprimento a acórdão, que cassou os diplomas deles em dezembro de 2013, por abuso de poder econômico, uso indevido de meio de comunicação e inelegibilidade de oito anos.

E mais ainda. Durante os próximos trinta dias a Câmara Municipal de Vereadores deveria escolher um novo prefeito ou manter o presidente Canola no cargo em eleições indiretas.

E mais uma vez esta situação foi revertida, depois que o ministro Gilmar Mendes anulou a liminar do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e devolveu o cargo para o prefeito Valdenir José dos Santos que foi eleito com mais de 63% dos votos validos no município de Nova Ubiratã.

A nova decisão do STF foi recebida com festa no município e teve até carreata, como as eleições oficiais acabassem de acontecer.

“Isto representa que a justiça existe, apesar de que a Justiça Eleitoral do Mato Grosso é uma vergonha. Não havia nenhuma motivação para que o prefeito Valdenir fosse cassado por propaganda em jornal ou coisa que valha, afinal de contas recebi mais de 63% dos votos aqui no meu município e estamos buscando colocar Nova Ubiratã no caminho do crescimento e decisões como esta simplesmente atrapalham o nosso trabalho.Temos que dizer que a Justiça Eleitoral do Mato Grosso é uma vergonha e isto nos deixa triste, mas com esta nova decisão tenho certeza de que vamos dar sequencia na busca do progresso deste município”, salientou o prefeito em entrevista exclusiva para a

RADIO SORRISO.

Quanto a sequência do processo de cassação que prossegue tramitando no STF, o prefeito Valdenir José dos Santos mostra-se bastante otimista. “Dos ministros do Supremo Tribunal Eleitoral temos dois votos que nos foram dados como favoráveis para  permanência no cargo, que foram  as liminares que tivemos para a permanência no cargo de prefeito, expedidas pelos ministros Dias Tófoli e agora pelo ministro Gilmar Mendes e esperamos que em agosto ou setembro tenhamos um desfecho de toda esta  situação”, comentou o prefeito que retoma sua cadeira de chefe do executivo municipal de Nova Ubiratã, assim como seu vice prefeito.

Bastante eufórico, o prefeito ainda salientou a postura do presidente da Câmara Municipal de Vereadores de  Nova Ubiratã ao assumir o cargo de prefeito.

“Quero aqui engrandecer a postura do presidente da Câmara, José Afonso Canola  que é um homem honrado e de pulso firme, até por que o grupo de oposição, queria que fossem demitidos os funcionários públicos que nos apoiam, mas o Canola teve coerência soube esperar o tempo necessário para tomar toda e qualquer decisão”, concluiu Valdenir José dos Santos.

Fonte: Fernando Luiz / Rádio  Sorriso

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?