Você está lendo:
Nova Ubiratã: Projeto de lei 012/2015 atende o requerimento do vereador Leonildo Antônio PV, que autoriza a prefeitura repassar vinte mil para a Associação do Assentamento Cedro Rosa finalizar o contrato com a Geometa.
0

Nova Ubiratã: Projeto de lei 012/2015 atende o requerimento do vereador Leonildo Antônio PV, que autoriza a prefeitura repassar vinte mil para a Associação do Assentamento Cedro Rosa finalizar o contrato com a Geometa.

by newsmtmaio 14, 2015

Na seção realizada no pavilhão da agrovila do Assentamento Cedro Rosa, em Nova Ubiratã, na sexta-feira dia (08/05), O vereador do PV, Leonildo Antônio, usou a Tribuna da casa de leis do município, para ressaltar a importância do projeto de lei de numero, 012/2015, aprovado pelos  parlamentares que autoriza a prefeitura de Nova Ubiratã, repassar vinte mil para a Associação do Cedro Rosa para finalizar o contrato com a empresa Geometa.

Em entrevista ao Acontece News MT, Leonildo falou sobre o projeto, eu fiz um requerimento para o poder executivo de Nova Ubiratã, firmar este convenio com a Associação aqui do Cedro Rosa. Sei que isto e de responsabilidade do INCRA, mais sei também, que, a maioria dos Assentados está tentando agilizar este processo, para poder protocolar este GEO junto ao INCRA, disse o vereador.

SABEMOS QUE A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA SERA A PAZ NO CAMPO!

Agricultura familiar reforma agrária, regularização fundiária são questões extremamente complexas que precisam ser enfrentadas com clareza e objetividade. Temos que buscar maiores entendimento compreensão e entrosamento entre INCRA, INTERMAT, SEMA, IBAMA, CAMARA e MUNICIPIO.  Unidos podemos solucionar as questões fundiárias do nosso município. Nos do poder publico, teremos que garantir segurança jurídica ao homem do campo, disse Nana.

Conforme o vereador, só assim o assentado, o pequeno, o médio e o grande produtor rural terão a paz que precisa e a segurança jurídica necessária para trabalhar e produzir. Nova Ubiratã é extremamente agrícola e rural e ainda se sustenta da produção primária, de grãos e pecuária. Não podemos permitir atuação descontroladas das instituições, já passou da hora de encontrarmos um norte para o nosso município, teremos que dar garantia para quem esta encima da terra, seja proprietários ou não, porque muitas pessoas, investiu todas as suas economias com anos e anos de trabalho neste sonho que se chama reforma agraria, finalizou Leonildo Antônio, vereador pelo Partido Verde.

Fonte: Redação

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?