Você está lendo:
Pequenos produtores de Nova Ubiratã recebem apoio do Poder Executivo e aumentam produção leiteira
0

Pequenos produtores de Nova Ubiratã recebem apoio do Poder Executivo e aumentam produção leiteira

by newsmtjulho 9, 2015

Uma série de ações desenvolvidas em parceria entre o Poder Executivo, através da Secretaria de Agricultura, e pequenos produtores de Nova Ubiratã tem aumentado consideravelmente a produção leiteira no município, que atualmente possuí mais de 73 mil cabeças de gado e já passou a exportar o produto.

De acordo com dados da secretaria, atualmente cerca de 80 famílias do município vivem basicamente da bacia leiteira, produzindo mais de 182 mil litros de leite por mês, totalizando pouco mais de 6 mil litros por dia, um aumento de 41% se comparado com o ano anterior (2014), quando a produção era de 128.700 litros mensal.

Para aumentar a produção e manter a qualidade do produto, alguns agricultores têm investido na tecnologia, que começa na escolha das vacas de leite, seguindo para a alimentação adequada dos animais, até a aquisição de 30 resfriadores, que juntos tem capacidade para armazenar 44.700 litros diários.

Outras famílias têm se dedicado a fabricação de derivados do leite, como por exemplo, queijos, doces e a venda in natura, realizada nos comércios do próprio município.

Segundo a Secretária Municipal de Agricultura, a parceria surgiu devido a necessidade de expansão da atividade econômica na Região.

“Na medida do possível eles já produziam uma quantidade razoável de leite, porém nós detectamos que a quantia não era suficiente para suprir o mercado, em constante crescimento, foi daí que passamos a incentiva-los, além de 04 profissionais sendo 02 médicos veterinários, 01 engenheiro agrônomo e 01 engenheiro florestal, nós passamos a auxiliar na produção de silagem, com o apoio da secretaria de obras, e disponibilizamos uma ajuda de custo para o pagamento dos fretes destinados ao transporte de maquinários”, concluiu Jaqueline do Amaral, que ainda afirmou que a meta é triplicar a produção.

A estimativa é de que pelo menos 1.400 famílias possuam gado leiteiro em suas propriedades, destas 950 estão distribuídas nos quatro assentamentos do município, e outras 450 em sítios e fazendas da Região.

Fonte: Redação com Assessoria

About The Author
newsmt