Você está lendo:
POLITICA DE SAÚDE BUCAL: Nova Ubiratã é a segunda melhor do Estado; afirma o Conselho Regional de Odontologia
0

POLITICA DE SAÚDE BUCAL: Nova Ubiratã é a segunda melhor do Estado; afirma o Conselho Regional de Odontologia

by newsmtsetembro 1, 2015

As ações desenvolvidas pela Secretaria de Saúde de Nova Ubiratã, no setor de Política Pública de Saúde Bucal, foi reconhecida pelo Conselho Regional de Odontologia de MT (CRO-MT), que após avaliação de alguns critérios concedeu ao município a 2º melhor posição do Estado, ficando atrás apenas da cidade de Alta Floresta.

A avaliação fez parte do Prêmio Brasil Sorridente, uma iniciativa do Conselho Nacional de Odontologia (CFO) cujo o objetivo é valorizar os municípios brasileiros que se destacam na implantação e desenvolvimento de Políticas Públicas de Saúde Bucal.

O prêmio que já esta na sua 10ª edição é dividido em duas categorias, sendo a primeira onde participam municípios com até 50 mil habitantes, como no caso de Nova Ubiratã, e a segunda com até 300 mil habitantes.

Ao todo dez municípios mato-grossenses foram analisados, ficando nas seguintes colocações.

Cidades até 50 mil habitantes:

1º – Alta Florestas – 49.877 habitantes

2º – Nova Ubiratã -10.508 habitantes

3º – Nobres – 14.980 habitantes

4º – Alto Paraguai – 17.468 habitantes

5º – Campo Verde – 36.800 habitantes

6º – Santo Antonio do Leverger – 19.030 habitantes

Cidades com até 300 mil habitantes:

1º – Primavera do Leste – 56.450 habitantes

2º – Sinop – 126.817 – habitantes

3º – Rondonópolis –  211.718 habitantes

4º – Lucas do Rio Verde – 55.094 habitantes

Conforme o regulamento da análise os dois primeiros colocados de cada categoria irão representar o Estado na etapa nacional, e devem concorrer a um consultório odontológico, que será repassado ao munícipio campeão.

Para a Coordenadora de Saúde Bucal de Nova Ubiratã a colocação foi muito bem recebida pela equipe que atualmente conta com 05 profissionais.

“Nós ficamos felizes com o resultado, principalmente por termos disputados com cidades bem maiores que Nova Ubiratã e termos perdidos para uma quase cinco vezes maior que o nosso município”, frisou Fernanda Fabris, que já faz planos para o futuro.

“Essa foi a primeira vez que Nova Ubiratã participou de um evento dessa magnitude, apesar do bom resultado o nosso objetivo é aperfeiçoar ainda mais os atendimentos e ano que vem “brigar” pelo primeiro lugar, até mesmo porque acredito que temos condições pra isso”, finalizou.

Fonte: Da Assessoria de Imprensa

About The Author
newsmt