Você está lendo:
PRIMEIRA-DAMA: Samira lamenta que mulheres sejam coadjuvante na política
0

PRIMEIRA-DAMA: Samira lamenta que mulheres sejam coadjuvante na política

by newsmtmarço 8, 2016

Primeira-dama pede união às mulheres para alcançar mesmos espaços dos homens

Neste dia da mulher, terça (8), a primeira-dama do Estado, advogada Samira Martins, pede mais união às mulheres para que juntas possam alcançar os mesmos espaços adquiridos pelos homens. “A constituição já faz a sua parte ao dar direito iguais a todos”, afirma a primeira-dama em entrevista ao RDTV.

Apesar disso, Samira lembra que na prática o tratamento ainda é diferenciado. Exemplifica que as mulheres que ocupam os mesmos cargos dos homens ainda recebem menos.

“O que se pode melhorar são as nossas atitudes, fortalecer sua companheira, vizinha e família. Penso que entre as mulheres o apoio recíproco pode melhorar bastante. E isso faz grande diferença”, sugere.

Em relação aos cargos públicos, Samira explica que incentiva todas as mulheres a ocupá-los. Apesar de não ter pretensões de se filiar a partido, muito menos disputar mandato, a primeira-dama pede que as mulheres tenham mais representatividade.

“Por isso, às vezes, me sinto no dever de me candidatar. Jamais farei isso, mas é como se fosse um pouco de culpa de não exercer (cargo), porque as mulheres merecem e precisam de mais espaço”, explica.

Nesse sentido, Samira lamenta o fato de as mulheres terem papel de coadjuvante nas eleições. A advogada refere-se à cota mínima de 30% das vagas serem destinadas às mulheres conforme determinação da legislação eleitoral.

“Estão ali só para cumprir tabela e, infelizmente, não tem força para vingar. Mas espero que isso mude”, frisa.

Em relação aos programas de desenvolvimento do Estado, voltados as mulheres, Samira elenca inauguração da delegacia de atendimento à mulher, em Tangará da Serra. Além da reestruturação das unidades em Cuiabá e Várzea Grande.

“É forma de ajudar as mulheres a desenvolverem todos os direitos. Sem contar que existe setor específico voltado para capacitação”, lembra.

Atualmente, no primeiro escalão do Governo Taques (PSDB), apenas três mulheres ocupam cargos na atual gestão. São elas, Luzia Helena Trovo (secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação), Adriana Vandoni (Gabinete Transparência e Combate à Corrupção) e Ana Luiza Peterlini (Meio Ambiente).

DO RDNEWS

About The Author
newsmt