Você está lendo:
Projeto de reciclagem desenvolvido em Nova Ubiratã é destaque em emissora de TV de Sorriso
0

Projeto de reciclagem desenvolvido em Nova Ubiratã é destaque em emissora de TV de Sorriso

by newsmtmarço 18, 2016

Um projeto de reciclagem de carteiras escolares, desenvolvido em conjunto entre a Prefeitura de Nova Ubiratã, através da Secretaria Municipal de Educação, e uma marcenaria local, foi um dos principais destaques desta quinta-feira (17) no Jornal SBT Urgente de Sorriso.

O projeto pioneiro chamou a atenção pela preocupação ambiental, sustentabilidade e principalmente a economia, de 42,3%, gerada na reforma de aproximadamente 300 carteiras escolares.

De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Lenir de Fátima Vronski, a primeira etapa do projeto deve beneficiar cerca de 500 alunos da rede pública de ensino. “Nós tínhamos duas preocupações, a primeira era descartar corretamente as carteias em desuso, e a segunda a reposição desse material, e ambas foram resolvidas com essa parceria”, frisou.

A madeira usada na reforma das carteiras é da espécie pinheiro americano, e foi doado por uma empresa de transmissão de energia elétrica ao empresário que passou a utilizar o material na confecção dos primeiros móveis.

“Nós começamos a fazer mesas e cadeiras para a marcenaria, foi aí que fui procurado pela secretária de educação e o prefeito que trouxeram a ideia, em seguida montamos um protótipo e apresentamos pra eles”, explicou Petry que ainda ressalta a qualidade do material.

“Posso te afirmar com toda certeza que essas carteiras são bem superiores as originais que são fabricadas em mdf ou mdp, diferente das nossas que são produzidas em madeira e não se deterioram com a ação do tempo”, pontuou.

O processo de fabricação foi acompanhado de perto pelo Chefe do Executivo que ressaltou a importância do trabalho. “Eu sou uma homem otimista por natureza, e tenho a plena convicção que são ações como essa que fazem a diferença no setor público, porque comprar em Cuiabá e Sinop?, se podemos adquirir esse produto aqui na nossa cidade, e o melhor com qualidade e preço abaixo do mercado”, concluiu.

As primeiras carteiras foram entregues no início do mês e já estão sendo utilizadas nas principais salas de aula do município. A expectativa segundo os idealizadores é levar o projeto para outros municípios da região tendo como exemplo o sucesso na cidade de Nova Ubiratã.

Conforme o poder público a economia gerada nas reformas será revertida exclusivamente no setor, seja na reforma da estrutura físicas das escolas ou até mesmo na compra de equipamentos tecnológicos e materiais didáticos.

1 2 3 - Cópia 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Da Assessoria de Imprensa

About The Author
newsmt