Você está lendo:
PT tem R$ 2 bilhões para bancar campanhas até 2038. Para Ministro do STF, o PT instalou no País a Cleptocracia

PT tem R$ 2 bilhões para bancar campanhas até 2038. Para Ministro do STF, o PT instalou no País a Cleptocracia

Em mais um desabafo sobre a questão da corrupção no Brasil, o Ministro do STF, Gilmar Mendes, classificou os governo do PT como regimes de cleptocracia, ou um “Estado governado por ladrões”, cujo objetivo é o do roubo de capital financeiro da nação, do povo e do seu bem-comum.

Segundo o Ministro do STF, “o que se instalou no País nesses últimos anos e está sendo revelado na Operação Lava Jato é um modelo de governança corrupta, algo que merece o nome claro de cleptocracia, isso que se instalou’.

“Isso está evidente, veja o que fizeram com a Petrobras, veja o valor da Petrobras hoje, por isso que se defende com tanta força as estatais. Não é por conta de dizer que as estatais pertencem ao povo brasileiro. Porque pertencem a eles. Eles tinham se tornado donos da Petrobras. Esse era o método de governança.”

O Ministro prossegue: “Infelizmente, para eles, e felizmente para o Brasil, deu errado’. Gilmar Mendes atribui ao PT a crise que abala o País. “Estamos nesse caos por conta desse método de governança corrupta. Temos hoje como método de governança um modelo cleptocrata.”

“Veja, não roubam para o partido, não roubam só para o partido, é o que está se revelando, roubam para comprar quadros. Isso lembra o encerramento do regime alemão quando se descobriu que os quadros do partido tinham quadros, tinham dinheiro no exterior. É o que estamos vivendo aqui.”