Você está lendo:
Recluso, Silval caminha de bermuda e chinelos no Bombeiros
0

Recluso, Silval caminha de bermuda e chinelos no Bombeiros

by newsmtsetembro 24, 2015

Repórter-fotográfico Rogério Florentino Pereira, do Olhar Direto, flagrou ex-governador

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB), preso desde a última quinta-feira (17), continua a espera do julgamento do mérito de um Habeas Corpus, no Tribunal de Justiça (TJ) e de uma decisão monocrática no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Enquanto isso, o peemedebista mantém a sua rotina de tranquilidade, no 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado no bairro Verdão, em Cuiabá, onde está preso.

O repórter fotográfico do Olhar Direto, Rogério Florentino, fez imagens exclusivas do ex-governador durante o seu banho de sol na manhã desta quarta-feira (23). Tranquilo, Silval Barbosa caminha pela unidade acompanhado de uma militar. Durante o tempo em que ficou fora do alojamento em que está (o Corpo de Bombeiros não possui celas), ele caminhou pelo local e conversou com a pessoa que o acompanhava.

Após avistar a reportagem, o ex-governador retornou para o interior da unidade. Novamente, Silval trajava camisa, bermuda e um chinelo, além de um óculos de grau. Simpático, ele cumprimentava as pessoas que encontrava pelo caminho. Vale ressaltar que, por pedido da defesa, o político está na unidade do Corpo de Bombeiros. No local, também estão presos um militar e outra pessoa.

Silval aguarda o julgamento do mérito de um Habeas Corpus no Tribunal de Justiça e também uma decisão monocrática no Superior Tribunal de Justiça. Como divulgado pelo Olhar Jurídico/Direto, o desembargador Marcos Machado, pego recentemente em escutas telefônicas, poderá participar do julgamento do mérito do Habeas Corpus pedindo pela liberdade do ex-governador Silval Barbosa.

O Habeas Corpus, rogando pela liberdade do ex-governador, foi recebido na última terça-feira (22), pelo Superior Tribunal de Justiça. O HC foi distribuído por sorteio ao ministro Ericson Maranho (desembargador convocado do TJ/SP). Um dos advogados que formulou o documento é Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, considerado o maior criminalista do Brasil.

Em instância inferior, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, o desembargador Alberto Ferreira de Souza, da Segunda Câmara Criminal, indeferiu, monocraticamente, o mesmo habeas corpus, no dia 18 de setembro, mantendo Silval preso.

Prisão

Silval Barbosa, o ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf e o ex-secretário de Receita Marcel de Cursi, todos suspeitos de liderar os crimes, estão presos pelo esquema. O ex-governador apresentou-se à Justiça na última quinta-feira (17), Nadaf e Cursi foram detidos ainda no dia 15 de setembro, dia da deflagração da Operação Sodoma.

Operação Sodoma

A operação acontece no âmbito de inquérito policial que investiga uma organização criminosa composta por agentes públicos que ocuparam cargos do alto escalão do Governo do Estado nos anos de 2013 e 2014, e apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Silval Barbosa, o ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf e o ex-secretário de Receita Marcel de Cursi, todos suspeitos de liderar os crimes, estão presos pelo esquema. A operação foi realizada em conjunto pela Delegacia de Combate à Corrupção, Ministério Público Estadual, Secretaria de Fazenda de Mato Grosso e Procuradoria Geral do Estado, com apoio do Sistema de Inteligência do Estado.

(Colaborou Arthur Santos da Silva)

Fonte: Olhar Direto
About The Author
newsmt