Menu
Seções
SALDO POSITIVO: PRF aponta queda de acidentes e mortes nas rodovias federais em Mato Grosso
dezembro 31, 2014 Destaques

Um único acidente, na BR-070, concentrou a maior parte das vítimas fatais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou balanço nesta segunda-feira (29) que aponta a redução dos números de acidentes e mortes nas cinco rodovias federais que cortam o Estado (070, 158, 163, 174 e 364) durante o feriado prolongado de Natal.

Entre os dias 23 e 26 de dezembro, foram registrados 59 acidentes, que resultaram em cinco mortes e sete feridos em estado grave.

Nesse mesmo período, no ano passado, a PRF registrou 72 acidente, que deixaram seis mortos e 12 pessoas feridas em estado grave.

Tais números apontam que a redução de acidentes, mortes e feridos gravemente foi de 22%, 20% e 70%, respectivamente.

Mortes na BR-070

Segundo a PRF, apenas um acidente, registrado na BR-070 no último dia 23, resultou na morte de maior parte das vítimas.

Na ocasião, quatro pessoas que estavam em uma caminhonete morreram após uma colisão com a traseira de um caminhão, próximo de Primavera do Leste (a 239 km de Cuiabá).

O segundo acidente que resultou em uma vítima fatal também ocorreu na BR-070, próximo de Cáceres (a 220 km de Cuiabá).

Conforme a PRF, tais acidentes chamaram a atenção da fiscalização, uma vez que as rodovias federais que mais registram acidentes – e que acabam, por isso, com a “fama” de mais violentas no Estado são as BRs 163 e 364.

Causas dos acidentes

Ainda segundo a PRF, levantamento feito pela fiscalização apontam que os três principais pilares que sustentam as tragédias nas rodovias federais são embriaguez no volante, excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas ou forçadas.

Exemplo disso são os números apresentados pela operação deste ano, quando 17 condutores foram presos por alcoolemia (índice de álcool no sangue acima de 0,33 mg/l) e 41 foram autuados pelo mesmo motivo.

Além disso, 381 motoristas foram autuados por realizarem ultrapassagens forçadas ou proibidas, enquanto 1.152 autuações por excesso de velocidade foram emitidas, após flagra dos radares móveis da PRF colocados em pontos estratégicos das cinco rodovias.

Outros números

Segundo a PRF, seis veículos foram apreendidos durante a Operação de Natal, enquanto 114 documentos foram recolhidos – entre Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Outras 977 autuações gerais foram emitidas por infrações diversas – como dirigir sem cinto ou com farol queimado – e 11 condutores foram detidos por cometerem crimes de trânsito diversos, como dirigir causando perigo de dano ou fazer racha pelas rodovias.

Fonte: LISLAINE DOS ANJOS
Deixe uma resposta
*