Você está lendo:
Savi diz que "não abre mão" de presidência para Botelho
0

Savi diz que "não abre mão" de presidência para Botelho

by newsmtdezembro 1, 2014

Deputado eleito do PSB é o mais cotado à presidência pelo G-11

O deputado estadual Mauro Savi (PR) afirmou que a escolha do deputado eleito José Eduardo Botelho (PSB) como o possível candidato à presidência da Assembleia pelo grupo da situação “dificulta” a formação de uma chapa “eclética” com a oposição.

De acordo com o deputado, pesam contra o parlamentar do PSB o fato de ele ser novato na Casa de Leis e de seu grupo ser “minoria”.

“Não abro mão de disputar a presidência. Temos a maioria e o direito de pleitear a vaga”, disse.

“Não abro mão de disputar a presidência. Temos a maioria e o direito de pleitear a vaga”

Ele ressaltou, ainda, o fato de que a bancada que será oposição ao governador eleito Pedro Taques (PDT) poderá aumentar, caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reverta a impugnação da candidatura de Valdir Barranco (PT), tomando a cadeira que, hoje, é de Pery Taborelli (PV).

“Eles estão em 11 e essa semana ainda tem decisão com relação ao Barranco e Taborelli. E, aí, muda bastante o quadro. Vou ter uma conversa com o pessoal do meu grupo para tomar uma decisão”, disse.

Segundo Savi, os 13 deputados da oposição irão se reunir até esta terça-feira (02) para discutir os rumos que o grupo irá tomar.

“São duas posições, podemos fazer uma Mesa eclética, como podemos ter apenas os 13. Mas temos que conversar daqui pra lá, primeiro para saber o que o grupo quer, para depois negociarmos”, afirmou Savi.

Botelho à presidência

Deputado eleito para primeiro mandato, Botelho foi o nome de consenso no chamado “Grupo dos 11”, como possível candidato à presidência da Mesa da Assembleia.

O entendimento aconteceu após reunião, na última semana, na casa do deputado eleito Oscar Bezerra (PSB), e contou com a presença de Taques.

O deputado do PSB teve a última semana para tentar viabilizar sua candidatura. O grupo também deve se reunir amanhã para novos entendimentos.

Para a primeira-secretaria, o grupo deve indicar, numa eventual chapa pura, o deputado reeleito Guilherme Maluf (PSDB).

Ambos terão que buscar aliados na oposição para garantir a eleição da chapa. No entanto, o grupo não descarta abrir a primeira-secretaria para o outro grupo.

DOUGLAS TRIELLI

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?