Você está lendo:
Seduc e moradores de distritos debatem sobre mudanças em salas anexas
0

Seduc e moradores de distritos debatem sobre mudanças em salas anexas

by newsmtmarço 30, 2016

A alteração em algumas salas de aulas, de responsabilidade da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), no município de Nova Ubiratã, foi o tema de uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (28), nas dependências da Câmara de Vereadores.

O encontro reuniu moradores dos distritos de Santo Antônio do Rio Bonito, Novo Mato Grosso, Santa Terezinha e Entre Rios, que debateram com representantes do Estado, e dos poderes legislativo e executivo, pontos favoráveis e negativos da proposta que visa a mudança de pelo menos uma sala de aula anexa a escola da rede municipal de ensino.

Pela proposta da Seduc, o local de ensino seria transferido do distrito de Santo Antônio para o de Novo Mato Grosso já que aquela comunidade afirma ter um número maior de alunos, além de ficar mais próximo dos demais distritos.

Em meio a reunião os moradores do distrito de Santo Antônio entregaram uma lista de assinaturas de pessoas que não aceitam a alteração. “A implantação desta sala em anexo foi uma conquista dos moradores daquela comunidade e nós não vamos abrir mão desse direito”, argumentou uma moradora.

Para o chefe do executivo, Valdenir José dos Santos, a discussão precisa ser ampliada uma vez que o resultado deve atingir centenas de moradores.

“A Prefeitura vai apoiar o que for melhor para a sociedade, não podemos usar um assunto sério como esse para fazer politicagem, afinal de contas o que está em questão é a qualidade do ensino médio dos nossos alunos”, frisou o prefeito.

Valdenir ainda ressaltou a importância de a mudança beneficiar também os alunos da aldeia indígena Túpara.

“Eu conversei com o assessor pedagógico da Seduc (Zeferino Passos Guarrezi Junior), e ele se comprometeu em me acompanhar durante uma visita na aldeia. Vamos nos reunir com o povo indígena e analisar o que é melhor para aquela comunidade também”, complementou.

“Tanto meu cargo como o da secretaria de educação são cargos transitórios, e o nosso objetivo é priorizar a educação fazendo o que for melhor para os alunos”, justificou, o assessor pedagógico, sobre a possível mudança.

2 3

Da Assessoria de Imprensa

About The Author
newsmt