Você está lendo:
"Sou o candidato dos pobres; Taques, dos bilionários"
0

"Sou o candidato dos pobres; Taques, dos bilionários"

by newsmtagosto 28, 2014

Lúdio Cabral afirmou que bilionários querem mandar no Estado

O candidato a governador Lúdio Cabral (PT) afirmou que representa a população de baixa renda, enquanto o seu adversário, o senador Pedro Taques (PDT), seria o representante de “empresários bilionários”.

“Está muito claro que Taques é o candidato dos bilionários, e eu sou o candidato dos pobres. Estou falando isso a partir da análise da arrecadação de dinheiro das campanhas. O Pedro Taques é o candidato dos bilionários, e são eles quem vão mandar no Governo”, disse.

“Não sou candidato de três ou quatro bilionários que querem fazer do Governo, do governador e do Estado, propriedade privada”

Pela ótica de Lúdio, “grandes empresários” de Mato Grosso estariam financiando seu adversário para, numa eventual vitória, obterem vantagens.

“Não sou candidato de três ou quatro bilionários que querem fazer do Governo, do governador e do Estado, propriedade privada para continuarem tendo facilidades para enriquecerem cada vez mais”, afirmou.

Na primeira prestação de contas dos candidatos, divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lúdio aparece como o candidato que menos arrecadou recursos.

O candidato do PT afirma que o fato é devido a um modelo de campanha fora do “tradicional”.

“Isso se deve ao modelo de campanha que estamos seguindo, de respeito à população. De não nos vender ao poder econômico. Sempre fiz campanha com dificuldade estrutural, financeira e material. Isso não é novidade para mim”, disse.

Para Lúdio, a baixa arrecadação financeira não significa “falta de força”, e nem de apoio do grupo do governador Silval Barbosa (PMDB).

“O apoio que quero conquistar ao longo da campanha é o apoio da população. Porque é a população que elege, não é meia dúzia de bilionários que elege governador para depois ter o Estado a serviço de seus interesses”, afirmou.

“Sou candidato de uma aliança de cinco partidos, uma aliança nacional, que está no poder, mas não se apropria do poder para cuidar de interesses próprios. O apoio que tenho desses partidos é um apoio político, apoio programático”, disse.

Arrecadação

De acordo com a primeira parcial de prestação de contas, divulgada pelo TSE, Taques foi o que mais arrecadou recursos: R$ 2.561.490,87.

Na lista estão empresas do agronegócio, como a Bom Futuro, do produtor rural Eraí Maggi (PP), que doou R$ 90 mil; e a ABJ Comércio Agrícola Ltda., com R$ 300 mil.

Já Lúdio arrecadou R$ 66.320,36. Na lista do petista constam treze doações, sendo três dele próprio, nos valores de R$ 1 mil, R$ 5 mil e R$ 7.920,00.

Leia mais sobre o assunto:


Taques foi o que mais arrecadou até agora: R$ 2,5 milhões

DOUGLAS TRIELLI 

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?