Você está lendo:
Stan Lee, lendário quadrinista da Marvel, morre aos 95 anos

Stan Lee, lendário quadrinista da Marvel, morre aos 95 anos

Stan Lee, o lendário escritor, editor e quadrinista da Marvel, morreu nesta segunda-feira (12) aos 95 anos. A informação é do site TMZ. Lee foi responsável pela criação de personagens e grupos de heróis como Homem-Aranha, X-Men, Hulk, Os Vingadores, Thor e muitos outros.

De acordo com o TMZ, uma ambulância buscou Lee em sua casa, em Hollywood, nos Estados Unidos, nesta manhã. Nos últimos anos, o quadrinista enfrentava vários problemas de saúde, incluindo pneumonia.

Stanley Martin Lieber, conhecido como Stan Lee, nasceu em 28 de dezembro de 1922, em na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Ele se formou no ensino médio em 1939 e, no mesmo ano, Lee tornou-se assistente na divisão de Pulp Magazine da Timely Comics e publisher de quadrinhos da empresa de Martin Goodman. Em 1942, ele alistou-se ao exército dos Estados Unidos, deixando o cargo em 1945. Em 1960, a Timely tornaria-se a Marvel Comics (via GameSpot).

Maio de 1941 marca a estreia de Lee colocando a mão nos quadrinhos, com o papel de text-filler de “Captain America Foils the Traitor’s Revenge” em “Captain America Comics #3”. A primeira co-criação dele, Destroyer, foi lançado em agosto de 1941. Durante a década de 50, Lee escreveu diversos quadrinhos para a Atlas Comics. Em 1961, ele foi instruído a criar um time de super-heróis, que resultou no Quarteto Fantástico, idealizado junto com o artista Jack Kirby. Com o imenso sucesso do grupo, as portas se abriram para que Lee criasse Hulk, os X-Men, Homem-Aranha e diversos outros. Os Vingadores, por sua vez, receberam o primeiro título em setembro de 1963.

Entre 1967 e 1970, Homem-Aranha, idealizado por Lee, ganhou vida nas TVs pela primeira vez, com um desenho animado. Entre 1977 e 1982, O Incrível Hulk foi adaptado para um drama de televisão, em que o Dr. Banner era interpretado por Bill Bixby. Em 1980, o quadrinista mudou-se para Los Angeles para criar um estúdio e animação.

Além dos quadrinhos e das produções televisivas, a Marvel ganhou um Universo Cinematográfico com Homem de Ferro, em 2008 — filmes dos quais ele fez aparições. No entanto, os longas da editora já haviam conquistado o público com Homem-Aranha, em que Peter Parker é interpretado por Tobey Maguire, e o Hulk de Eric Bana.

Quanto à vida pessoal, Lee casou-se com Joan Clayton Boocock em dezembro de 1947, e a primeira filha, Joan, nasceu em 1950. Jan, sua segunda filha, nasceu em 1953, mas morreu pouco tempo após o nascimento. A esposa dele morreu em julho de 2017 e, desde então, Stan esteve envolvido em diversos escândalos supostamente causados pelos agentes dele. A filha dele, Joan Celia Lee, declarou nesta segunda-feira (12): “Meu pai amou todos seus fãs. Ele era o melhor homem e o mais decente”. Após a morte da esposa do quadrinista, no entanto, outras acusações envolvendo Joan também vieram à tona, com relatos de que ela estaria tirando dinheiro dele.

Rádio Tangará com IGN