Você está lendo:
TANGARÁ DA SERRA: Filiação de VALTENIR Pereira ao PMDB desarticula PMB e REVOLTA correligionários
0

TANGARÁ DA SERRA: Filiação de VALTENIR Pereira ao PMDB desarticula PMB e REVOLTA correligionários

by newsmtmarço 11, 2016

Se as frequentes mudanças de partidos causam desconfiança no eleitor, entre os próprios políticos pode causar discórdia e alvoroço.

É o que acontece agora com o deputado federal Valtenir Pereira, que de 2013 até a atualidade transitou por nada menos que quatro agremiações políticas. Estava no PSB (Partido Socialista Brasileiro) até outubro de 2013, quando figurou, com pompas, entre 28 deputados federais que assinavam ficha no PROS (Partido Republicano da Ordem Social).
Em dezembro do ano passado, Valtenir mudou/trocou, uma vez mais, de legenda, fundando em Mato Grosso o PMB (Partido da Mulher Brasileira). Nesta nova movimentação, arrastou consigo, somente em Tangará da Serra, quatro vereadores e dezenas de outros filiados.

Mas enganou-se redondamente quem imaginou terem cessado por aí os pulos de Valtenir Pereira entre partidos. Ontem à tarde, correligionários do deputado federal ouviam, estarrecidos, que Pereira era a nova ‘aquisição’ do PMDB, com projeto de disputar a sucessão municipal da capital do estado, Cuiabá.

Em Tangará da Serra, a reação foi imediata. Em pleno ano eleitoral, em que os munícipes escolherão prefeito e novos integrantes do Legislativo Municipal, o vereador Rogério Silva, que preside o PMB local, se disse surpreso e afirmou que ainda não sabe o que fazer. Ele disse ter tomado conhecimento da troca de partido do até então líder estadual peemebista ao final da tarde de ontem. “Fiquei sabendo por terceiros. O deputado Valtenir não me ligou e, da minha parte, não ligarei para ele. Vou esperar que ele me ligue para se manifestar”, disse Rogério, notadamente surpreso e contrariado. Ele informou que os integrantes do PMB local ainda irão se reunir para discutir a situação e definir ações.

Com Rogério, vieram para o PMB em dezembro passado os vereadores Romer Japonês e Wellington Bezerra, ambos ex-PR, e Dona Neide, egressa do PSD.

Ficha rasgada
Muito revoltado está o vereador e ex-presidente da Câmara Municipal Romer Japonês, ex-PR e que aderiu ao PMB em dezembro último. “É um safado!”, disse Romer, referindo-se a Valtenir Pereira.

Romer disse que rasgará sua ficha de filiação ao PMB, avalizada pelo próprio Valtenir Pereira, na próxima sessão da Câmara de Tangará da Serra, em plena tribuna livre. “Vou acabar com ele”, prometeu o ex-presidente do Legislativo, que garantiu já ter novo partido.

1 2 3

Fonte: Sergio Roberto – Do Tangará Online

About The Author
newsmt