Você está lendo:
Taques reúne aliados para discutir formação do primeiro escalão
0

Taques reúne aliados para discutir formação do primeiro escalão

by newsmtnovembro 13, 2014

Desenho inicial dos assessores diretos será feito com presidente dos partidos da coligação de oposição

O governador eleito Pedro Taques (PDT) deve se reunir, na próxima segunda-feira (17), com os presidentes dos 12 partidos que formaram a coligação “Coragem e Atitude para Mudar” neste ano.

Formaram o grupo PDT, PP, DEM, PSDB, PSB, PPS, PV, PTB, PSC, PSDC, PRP, PRB e PSL.

O assunto principal, conforme se apurou, é o “desenho” inicial dos nomes que devem compor o primeiro escalão da nova administração.

Nomes como o de Seneri Paludo, secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e de Jean Campos, assessor de imprensa de Taques, já têm sido citados como possíveis componentes do staff.

Paludo, que tem participado do processo de transição ao lado do governador eleito, é cotado para a Secretaria de Agricultura, e Campos seria o coordenador de Comunicação Social , uma vez que a Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom) pode ser extinta.

Mesa Diretora

Além dos presidentes das siglas, outros deputados eleitos e reeleitos podem participar do encontro.

O polêmico assunto Mesa Diretora da Assembleia Legislativa é cogitado como pauta da reunião.

Conforme alguns parlamentares, a tendência é de que seja formado um “chapão” entre oposição e situação.

Os oposicionistas também defendem que Taques fique de fora do processo, dando autonomia para os deputados defenderem suas ideias.

Transição

O encontro de Pedro Taques com o grupo será possível após o encerramento das apresentações a respeito das principais secretarias do governador Silval Barbosa (PMDB).

Foram apresentadas ao governador eleito as situações das pastas de Meio Ambiente, Fazenda, Planejamento, Educação, Saúde, Segurança Pública, Turismo e Administração.

Autarquias e secretarias menores devem ser discutidas nas próximas semanas.

Um diagnóstico final, com texto para as mudanças que o governador deseja, deve ser encaminhado para aprovação na Assembleia Legislativa até o dia 25 de novembro.

ISA SOUSA/Midia News

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?