Você está lendo:
TELES PIRES: Consórcio receberá R$ 90 mi para regionalização da Saúde
0

TELES PIRES: Consórcio receberá R$ 90 mi para regionalização da Saúde

by newsmtsetembro 2, 2015

Teles Pires atende aproximadamente 300 mil pessoas em 15 municípios

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Teles Pires receberá recursos financeiros no valor de R$ 90,9 milhões anuais para administração dos hospitais regionais de Sinop e Sorriso e aporte às unidades básicas de saúde da área de abrangência. O convênio com o Governo do Estado foi assinado nesta terça-feira (01), pelo governador Pedro Taques, secretário de Estado de Saúde, Marco Bertúlio, e prefeituras que formam o consórcio.

Este é o maior consórcio formado para gestão compartilhada da saúde nas regiões de Mato Grosso. O Consórcio Intermunicipal do Teles Pires atende aproximadamente 300 mil pessoas, residente nos 15 municípios que compõem a região.

Aos prefeitos e secretários de saúde, Taques destacou a gestão do Estado para dar mais qualidade à prestação dos serviços na área e dotar os municípios de estrutura financeira suficiente para fazer frente às necessidades da atenção básica, área que sem os investimentos necessários acaba sobrecarregando as unidades secundárias, como os hospitais. “Estamos trabalhando e estruturando a saúde para ter o melhor modelo de administração dos hospitais regionais de Mato Grosso. Temos distorções que estão sendo corrigidas e queremos chegar ao melhor modelo para atender a população de forma digna e honesta”, reforçou o governador.

O convênio com o consórcio Teles Pires terá vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período. Caberá à Secretaria de Estado de Saúde oferecer apoio técnico necessário à ampliação das ações e serviços de saúde de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde e exercer controle e fiscalização sobre a execução do convênio.

A prefeita em exercício de Sinop, Rosana Martinelli, considera que o novo formato da gestão compartilhada trará mais eficiência no atendimento prestado pelos hospitais regionais. “São investimentos que possibilitam aos municípios realizar os serviços, adquirir medicamentos em conjunto, reduzindo os custos e buscando mais qualidade”, afirmou a gestora.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf, destacou o esforço do governo em buscar a melhor gestão da área da saúde. “O Estado vem realizando a gestão com base em princípios legais, procurando unir legalidade, qualidade e economicidade”.

O secretário Marco Bertúlio explica que a construção do convênio para o consórcio Teles Pires foi definida em conjunto com todas as prefeituras e Estado, levando em conta a necessidade de cada município. “Chegamos a um nível de maturidade na construção conjunta desse modelo que foi definido de forma pactuada, buscando como objetivo final uma atenção básica resolutiva e investimento com qualidade na saúde secundária e que possa atender a população cada vez mais próxima de onde ela reside”, assegurou o secretário.

Com a formalização do convênio, o consórcio passa a gerir os serviços do hospital regional de Sinop. Já a unidade regional de Sorriso, que está sob intervenção da Secretaria de Estado de Saúde, passará à gestão do consórcio intermunicípal assim que o processo for concluído.

O consórcio de saúde Teles Pires é presidido pelo prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta. Compõem o consórcio os municípios de: Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Sinop, Sorriso, Tapurah, União do Sul e Vera.

Também participaram da assinatura do convênio os deputados estaduais Nininho Bortolini, Dilmar Dal Bosco e Wancley Carvalho.

Fonte: Do Mídia News

About The Author
newsmt