Você está lendo:
TRE nega impugnação da coligação de Riva
0

TRE nega impugnação da coligação de Riva

by newsmtjulho 31, 2014

Nesta quinta-feira (31), o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) negou o pedido de impugnação da coligação “Viva Mato Grosso”. O grupo que tem o deputado estadual José Riva (PSD) como candidato ao governo do Estado, teve unanimidade na decisão no processo, que questionava a veracidade das atas das convenções. Além da coligação de Riva, a Justiça Eleitoral habilitou o candidato Lúdio Cabral (PT) a disputar o cargo de governador.

O pedido de impugnação da coligação “Viva Mato Grosso” havia sido feito pelo Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional Eleitoral. De acordo com o MPF a convenção não havia aprovado o nome Aray Fonseca (PSD) para concorrer ao cargo de vice-governador.

Segundo o TRE, o partido teria apresentado todos os documentos e informações exigidos por lei e, não sendo aferido nenhum óbice para seu registro, por isso é de se declarar a sua habilitação para participar do pleito eleitoral.

Apesar desse resultado, há mais dois pedidos de impugnação de registro de candidatura protocolados pelo MPF e pela coligação Coragem e Atitude Para Mudar, do candidato ao governo, Pedro Taques (PDT).

Contra Taques também há dois pedidos, um pela coligação encabeçada pelo Riva e outro pela aliança, “Amor A Nossa Gente”, do candidato Lúdio Cabral (PT). Ambos pedem a impugnação de toda a chapa majoritária, ou seja, os candidatos a vice e Senado, Carlos Fávaro (PP) e Jayme Campos (DEM), que acabou desistindo do pleito na última semana.

Fernanda Escouto, repórter do GD

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?