Você está lendo:
Três mil pessoas saem as rua pedindo PAZ em Nova Mutum
0

Três mil pessoas saem as rua pedindo PAZ em Nova Mutum

by newsmtjulho 18, 2014

Cerca de 3.000 mil pessoas participam neste momento da passeata pela Paz em Nova Mutum. O ato teve inicio na entrada da cidade – entroncamento da Avenida Mutum com a Perimetral das Samambaias.

O objetivo inicial é mobilizar toda a sociedade para abrir o debate e unir forças nessa luta. Todos os comércios estão de portas fechadas em apoio a manifestação que é também uma homenagem ao comerciante Davyd Cossul, vítima de latrocínio – roubo seguido de morte – nesta semana.

Todos os cidadãos de bem que se sentem ameaçados e indignados com a situação de insegurança que vivemos”, desabafa o presidente da Acenm, Carlos Alexandre Saito.

Os participantes do manifesto carregavam faixas e cartazes pedindo o fim da impunidade e mais justiça. Além de percorrer a Avenida Mutum, a passeata terminou em frente ao Fórum onde foi feito um clamor pela paz. Também foi lida uma carta que será enviada ao palácio do planalto, pedindo mudanças urgentes na legislação.

A intenção é fazer com que o manifesto ganhe força em todo estado para mobilizar os representes do povo no Congresso Nacional.

Adriano se mostrou revoltado com a onda de criminalidade e disse que é preciso que deputados e senadores façam mudanças urgentes na legislação brasileira. Ele aponta ainda que a lei beneficia mais o bandidos que o cidadão de bem, “estamos reféns da criminalidade, se um bandido é preso vem os direitos humanos para garantir a ele uma série de benefícios e proteção, quando pessoas de bem e trabalhadoras como era o caso do Deyvid são mortas por criminosos cadê os direitos humanos?”, indagou Adriano.

MutuMNoticias

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?