Você está lendo:
UNACON: Reivindicação do vereador Sebastian deve ser atendida na construção do Hospital Regional
0

UNACON: Reivindicação do vereador Sebastian deve ser atendida na construção do Hospital Regional

by Radio Tangaránovembro 24, 2016

sebastian01072016f2

Vereador Sebastian (PSB) recebeu do Governo de Mato Grosso resposta a duas indicações que fez, em 2015 e 2016, solicitando a instalação de uma Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON) em Tangará da Serra. O documento, encaminhado pelo secretário do Gabinete de Governo José Arlindo de Oliveira Silva, informa que a solicitação do vereador tangaraense recebeu parecer técnico favorável da Coordenadoria de Rede de Serviços da Secretaria de Estado de Saúde para a instalação da unidade quando da construção do Hospital Regional de Tangará da Serra.

“Vislumbramos o sonho do Hospital Regional em nosso município e, sabendo do grande número de pacientes atendidos, sabendo que o Grupo de Apoio Onconlógico realiza um brilhante trabalho em Tangará da Serra, no qual estão a par centenas de casos de câncer de mama diagnosticados tardiamente e que acabam vitimando muitas mulheres que sem condições econômicas acabam por se entregar a doença, solicitamos as reais possibilidades de que seja incluído o projeto de ala destinada ao serviço especializado de oncologia”, diz o vereador Professor Sebastian na solicitação que enviou ao Estado.

Em resposta ao parlamentar, a secretária adjunta de Políticas de Regionalização da Secretaria de Estado de Saúde Maria Salete Ribeiro lembrou que no Plano Plurianual do Estado (PPA) foi inserida a construção de um Hospital Regional em Tangará da Serra e que há proposição operacional da Comissão Intergestores Regional Médio Norte (CIR) a favor de que seja construída uma ala de oncologia para atender a população da região.

No documento recebido pelo vereador Professor Sebastian, o Estado informa que, além da construção, há necessidade de assegurar infraestrutura adequada, recursos humanos capacitados e qualificados, recursos materiais, equipamentos e insumos suficientes. “Isso de acordo com critérios técnicos”, explica a secretária adjunta Maria Salete, concluindo que a decisão quanto ao momento em que serão feitos os investimentos será tomada pela Gestão do Estado.

About The Author
Radio Tangará