Você está lendo:
Vereador Gasolina (PT), de Nova Ubiratã, acompanhou a Comitiva liderada por Carlos Fávaro, vice-governador do estado, durante a visita in loco na região do Médio-Norte
0

Vereador Gasolina (PT), de Nova Ubiratã, acompanhou a Comitiva liderada por Carlos Fávaro, vice-governador do estado, durante a visita in loco na região do Médio-Norte

by newsmtmaio 31, 2015

Taques lança ordem de serviço para 45 obras e tende melhorar relação com prefeitos e segmento produtivo de MT.

O principal impacto da ordem de serviço para 45 obras do Programa Pró-Estradas, concebido por determinação do governador José Pedro Taques (PDT), no para execução no decorrer deste ano, deve ser a melhoria do relacionamento com os prefeitos e com as regiões produtoras do agronegócio. O Palácio Paiaguás está dando tanta importância que colocou o vice-governador Carlos Fávaro (PP) à frente do projeto, com operacionalização  da Secretaria de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra), comandada pelos secretário Marcelo Duarte.

Desta forma, a Sinfra  prepara a ordem de serviço para 45 obras do programa Pró-Estradas ainda este ano. Até o momento, o órgão já expediu 21 ordens de serviços de obras voltadas para a melhoria das rodovias estaduais.

Durante a visita in loco à região do Médio-Norte, a comitiva liderada por   Carlos Fávaro e Marcelo Duarte  vistoriou as rodovias MTs 220 e 423, que estão em pavimentação pelo Pró-Estradas Construção (Antigo MT Integrado) e já possuem o reinicio das obras autorizado pelo governo estadual, após auditoria executada pela Controladoria Geral do Estado.

Fávaro ainda destaca outras ações do governo para as rodovias além do programa de pavimentação. “Já possuímos várias rodovias em obras e também vamos focar na conclusão de outras obras que consideramos importantes como a MT-225, entre Vera e Feliz Natal, que restam apenas seis quilômetros e vamos definir uma solução técnica para ela hoje durante a expedição pra podermos dar a ordem de serviço”, argumentou o vice-governador.

A MT-220 liga o município de Sinop – 585 quilômetros a Médio-Norte da Capital – a Tabaporã e será beneficiado com 47 quilômetros de asfalto no trecho entre o rio Tartaruga até km 44 da rodovia.

Já a MT-423 serão 33 quilômetros de pavimento entre Cláudia e União do Sul, 606 e 660 quilômetros a Médio-Norte de Cuiabá, respectivamente. A obra executada pela construtora Campesatto corresponde ao segundo lote de execução que interligará os dois municípios.

Estudos anteriores da Sinfra demonstram que o Volume Médio Diário (VDM) das duas rodovias, somados, gira em torno de 13 mil eixos equivalentes a um veículo de passeio.

Ambas as rodovias são uns dos principais corredores de escoamento da produção de soja do Centro-Norte mato-grossense e no período chuvoso a trafegabilidade sofre enorme impacto do intenso volume de água que cai na região.

Carlos Fávaro explicou para a reportagem do Olhar Direto que a situação atual da região e da malha rodoviária de uma maneira geral é preocupante. “A realidade da região hoje está péssima. Nós pegamos uma malha rodoviária muito ruim e não é somente o governo que diz isso”, observou o vice-governador.

“A Confederação Nacional do Transporte diz que 82% da malha rodoviária de Mato Grosso está em ruim ou em péssimas condições e o objetivo do governador Pedro Taques é reconstruir e deixá-la em boas condições para o cidadão”, completou Fávaro.

Foto: Mayke Toscano / Secom-MT

Visita in loco na região do Médio-Norte, divisa de Santa Carmem e Feliz Natal com os lideres da comissão Edson Keller e Valdir Fiorez.

Fonte: Redação com Olhar Direto

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?