Você está lendo:
A HORA DO POVO: Psicóloga convida população para ações do Dia Internacional de Combate à Drogas, 26 de junho
0

A HORA DO POVO: Psicóloga convida população para ações do Dia Internacional de Combate à Drogas, 26 de junho

by newsmtjunho 26, 2014

Em 1987, a Organização das Nações Unidas (ONU) determinou o 26 de junho como o Dia Internacional de Combate às Drogas. A primeira conferência sobre o assunto foi convocada pela ONU em fevereiro de 1990, firmando de 1991 a 2000 como anos internacionais de combate às drogas. Neste 26 de junho, as equipes dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) de Tangará da Serra efetuam eventos em diversas localidades, com o objetivo de chamar a atenção para a problemática das drogas em nível, pessoal, familiar, social e de segurança pública.

Para convidar os tangaraenses à participação, a psicóloga Thereza Erika, do CRAS 2, da Vila Esmeralda, esteve no programa ‘A Hora do Povo’, na Rádio Tangará, nesta quarta-feira (25), onde divulgou a programação deste dia 26, em toda a região abrangida pelo CRAS Esmeralda.

Thereza salientou a destruição que a droga provoca nos dependentes químicos, retirando-lhes a segurança emocional, financeira, familiar e levando-os a viver à margem da sociedade, quando não à morte. Ela também chamou a atenção para que o trabalho das famílias em prevenir que este mal entre em seu seio seja diuturno, alertando os filhos sobre os perigos que as drogas representam.

drogasDurante o evento deste dia 26, em diversas localidades do âmbito do CRAS Esmeralda, serão plantadas cinco mudas de árvores, haverá múscia e testemunhos de familiares de usuários e/ou dependentes químicos. As pessoas podem optar por participar de todas as visitas, ou apenas de uma. As atividades têm início às 7h30, no CRAS 2 (Vila Esmeralda). Depois, às 08h15, segue para a USF  do Jardim Presidente. Já às 9h, o encontro acontece na Travessa 1B, Q 05, L 36 (Jardim Vitória), na residência de uma agente de saúde da família. às 9h45, será na Rua 1 (Av. Ismael José do Nascimento), em frente ao Mercado Maninho, no Monte Líbano. E, finalizando a programação, às 10h30 o grupo estará no CME Gentila Susin Muraro, no Jardim San Diego.

A psicóloga confirmou a parceira com alunos e professores de alguns cursos da Unemat, bem como da comunidade escolar da Escola Estadual Pedro Alberto Tayano. Segundo Thereza Erika, o evento tem o cunho de uma campanha para alertar a população para o enfrentamento às drogas. Ações têm sido promovidas durante toda esta semana, a Semana Internacional de Enfrentamento e Combate às Drogas, e culminam com o evento deste dia 26, que é aberto à população.

DIA INTERNACIONAL DE COMBATE ÀS DROGAS – Em 1997 a ONU criou o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) com o objetivo de prestar cooperação técnica aos países-membros para reduzir os problemas na área de saúde (como o HIV) e social (como a violência) que tenham relação direta ou indireta com drogas ilícitas e o crime. A cada ano, no mês de junho, o UNODC prepara uma campanha internacional de prevenção a drogas, visando contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dos países ao promover justiça, segurança, saúde e direitos humanos.

As drogas já se tornaram um mal social em todo mundo. No Brasil, os dados são particularmente alarmantes. De acordo com o mais recente estudo apresentado pela ONU, a proporção da população brasileira que consome cocaína cresceu de 0,4%, em 2001, para 0,7%, em 2005. Em 2001, 1% dos brasileiros entre 15 e 65 anos consumia a droga. O índice subiu para 2,6% em 2005. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o mundo tem pelo menos 200 milhões de consumidores de drogas, dos quais 40 milhões são dependentes.

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?