Você está lendo:
Bancada do PSDB deve crescer na Assembléia, diz Maluf
0

Bancada do PSDB deve crescer na Assembléia, diz Maluf

by newsmtagosto 20, 2015

Presidente do Legislativo acredita que adesão do governador vai impactar muito nas eleições de 2016

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf, afirmou que o PSDB deve ampliar sua bancada na Casa, após a filiação do governador Pedro Taques ao partido.

Segundo ele, existe a possibilidade de até quatro parlamentares aderirem à legende, caso se confirme a brecha na legislação que permitirá que parlamentares poderão mudar de partido sem o risco de perder a vaga.

“Agora, com a real filiação do governador ao PSDB, provavelmente, devemos ganhar um número expressivo de companheiros, como prefeitos, vereadores e deputados”, disse.

“Agora, com a real filiação do governador ao PSDB, provavelmente, devemos ganhar um número expressivo de companheiros em todas as instâncias”

De acordo com Maluf, já anunciaram a possibilidade de mudança os deputados Pedro Satélite (PSD), Dilmar Dal’Bosco (DEM) e Leonardo Albuquerque (PDT). Além disso, um quarto nome ainda avaliaria a possibilidade de trocar de partido.

“Não sei se irá haver ou não a janela, mas, se houver, já temos vários deputados que vão acompanhar o governador. Declarados, temos os deputados Pedro Satélite, Dilmar Dal’Bosco e Leonardo. Talvez haja mais um deputado. Então, deveremos chegar a sete parlamentares na bancada do PSDB na Assembleia”, afirmou.

Com a possível mudança, o PSDB se tornaria uma das maiores bancadas da Casa. Hoje, a legenda conta, além de Maluf, com os deputados Wilson Santos e Saturnino Masson.

Eleições municipais

Guilherme Maluf admitiu a possibilidade de um entendimento entre Pedro Taques e o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), para que o governador indique um candidato a vice-prefeito, caso o socialista opte pela reeleição.

Segundo ele, a composição seria natural, já que o PSDB aderiu recentemente à base de Mendes e até assumiu a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária. O cargo é ocupado pelo advogado e ex-vereador da Capital, Paulo Borges (PSDB).

“A tendência é de caminhar com o prefeito Mauro Mendes. Até porque a base municipal já tem, agora, uma composição inicial com o prefeito. Haverá alguns conflitos em alguns municípios, onde há projetos colocados dentro do partido, mas nada que não se possa superar com diálogo”, afirmou.

“Mas não tenho dúvida de que essa filiação do governador ao PSDB refletirá e muito nas eleições de 2016. Faremos um número expressivo de prefeitos e de vereadores”, completou.

Anúncio de filiação

As principais lideranças do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, confirmaram presença em Cuiabá, no próximo dia 29, para a filiação do governador Pedro Taques.

No início da tarde de quinta-feira (18), a cúpula do partido anunciou a decisão de Taques.

A decisão do governador amadureceu, principalmente, na última semana.

Nos últimos dias, ele manteve várias conversas com o também governador Geraldo Alckmin e com o senador Aécio Neves.

Fonte: Do Mídia News

About The Author
newsmt